Skoob

terça-feira, novembro 23, 2010 Iuçara Soares 0 Comentários



“O que você anda lendo?” Essa é a pergunta da página inicial do Skoob, uma rede social brasileira, exclusivamente, criada para os amantes da leitura.

Numa época em que as redes sociais dominam o dia a dia dos usuários, surge o Skoob, que significa books (livros) ao contrario, desenvolvido em 2008 pelo analista de sistemas Lindenberg Moreira, com o único objetivo de socializar o ato de ler.

Embora no exterior, também existam redes similares como a Goodreades e a Shelfari, o Skoob é a primeira feita por brasileiros para brasileiros, tendo hoje mais de 270 mil usuários.

A rede social permite aos seus membros, chamados de “skoobers”, conhecer pessoas que compartilham do mesmo gosto pela literatura, além de encontrar opiniões diversas sobre livros que pretendem ler ou comprar.

“A leitura geralmente é algo solitário. Ler um bom livro é maravilhoso e poder compartilhar essa leitura com outras pessoas deixa tudo ainda mais fascinante”, destaca o criador do portal.

Como Funciona?

A ideia é bem simples, depois de se cadastrar o usuário ganha um perfil no sistema, onde irá realizar buscas por livros classificando-os como já li, pretendo ler, estou lendo, vou ler, relendo ou abandonei, montando assim a sua estante virtual.
 

O catálogo do Skoob é bem variado, desde mangás como a Turma da Mônica Jovem até clássicos como “O Símbolo Perdido” de Dan Brown. E caso o usuário não encontre o título que busca, há a possibilidade de cadastrar o livro no acervo.

Como toda rede social o site possibilita formas de interação entre os usuários, como seguir os perfis que têm estantes interessantes de leitura ou deixar recados na área dedicada à comunicação entre amigos.

“Eu entrei no Skoob quando teve a promoção “1 Ipad ou 100 livros?”, e achei muito bom, porque ele dá a oportunidade de você conhecer novos livros e trocar informações com os usuários. Eu tive um novo acesso a cultura através do Skoob”, comenta a mais nova integrante da rede social, Elizangela Lizardo Emidio.

Os Skoobers também podem compartilhar suas opiniões e impressões sobre as obras por meio de avaliações e resenhas, e já que elas podem ser feitas por qualquer membro, às impressões podem ser tanto positivas quanto negativas. 

Devido a isso as resenhas possuem um formato de discussão, contendo as definições de concordo e não concordo, para que os membros possam deixar suas críticas e fazer replicas a cada observação.

Outra ferramenta do site é o histórico de leitura, onde o usuário relata o que está achando até determinada página de um livro, fazendo pequenos comentários e lançando notas para as páginas lidas até o momento.  “Achei muito valido isso, dessa forma você tem quase um resumo de outra pessoa, e assim acaba se interessando pelo livro”, diz Elizangela.

Além de descobrir quem leu ou está lendo o mesmo livro e o que eles acharam, no Skoob é possível também formar grupos de discussão sobre qualquer tema relacionado à literatura, como o “Séries: Eu leio!”, grupo para divulgar e debater as séries que mais se destacam na literatura mundial. No momento há mais de mil grupos formados no Skoob.

O site ainda tem um Blog, uma comunidade no Orkut, Facebook e um Twitter, onde os usuários se informam sobre as últimas novidades seguindo o SkoobNews.


Agora, os amantes da literatura e aqueles que apenas curtem um bom livro poderão se encontrar e trocar opiniões em tempo real num espaço virtual feito só para eles.

Para se tornar um skoober acesse o site da rede social Skoob. Mas se quiser conhecer antes outras redes literárias veja os sites Goodreads e Shelfari.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!