Caraval já nas livrarias

sábado, junho 17, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Novo Conceito lança, oficialmente, “Caraval”, o primeiro volume da série criada pela autora americana Stephanie Garber.


Com 352 páginas, tradução de Camila Fernandes e a mesma arte de capa da edição americana, “Caraval”, publicado originalmente em 31 de janeiro de 2017, narra a história da jovem Scarlett que acaba envolvida num perigoso jogo de amor, desgosto e magia.

“Uma estreia magnífica e um conto fascinante de amor, perda, sacrifício e esperança.” 
- Publisher Weekly

A história

Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. No entanto, desde criança, ela sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, tendo escrito inúmeras cartas a ele, mas nunca obteve resposta.

Agora, já crescida, Scarlett está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele.

Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. Porém, aceitá-lo está fora de cogitação, pois ela é incapaz de desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, decide sequestrá-la e levá-la ao espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e agora Scarlett precisa correr contra o tempo para encontrá-la.

Bestseller do The New York Times, “Caraval”, o livro de estreia da escritora Stephanie Garber, é o primeiro volume de uma duologia, que teve, recentemente, seus direitos vendidos para a 20th Century FOX. Já o segundo livro ainda não tem previsão de lançamento.

Saiba mais no site oficial da editora Novo Conceito.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Geada e Noite já nas livrarias

sexta-feira, junho 16, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


O terceiro e último livro da trilogia iniciada com o bestseller “Neve e Cinzas” da autora americana Sara Raasch é lançado, oficialmente, pela editora HarperCollins Brasil nas livrarias de todo o país.


Com 368 páginas e tradução de Mariana Kohnert, “Geada e Noite” (Frost Like Night), publicado originalmente em 20 de setembro de 2016 nos EUA, narra o desfecho da saga de Meira, Mather e Ceridwen, que deverão unir os reinos de Primoria… ou perder tudo, enquanto Angra espalha a ruína pelo mundo.

A história

Angra está vivo, sua ruína está se espalhando – e ninguém está a salvo.

Meira fará de tudo para salvar seu mundo, incluindo destruir a própria magia e fazer o maior sacrifício de todos, mas antes ela precisa aprender a controlar sua magia. Desesperada ela aceita a ajuda do líder da misteriosa Ordem de Paisly que se oferece para ensiná-la.

Já Mather fará de tudo para salvar sua rainha, como unir os Filhos do Degelo, e achar Meira, para finalmente confessar seus sentimentos por ela. No entanto ganhar a guerra e proteger Meira não será uma tarefa fácil, especialmente com um plano de ataque que não poupa nenhum reino e uma surpreendente traição em seus ranques. Enquanto que Ceridwen fará de tudo para salvar seu povo e seu verdadeiro amor, mesmo que isso custe o pouco que ela ainda tem, depois que Angra ordenou a morte de seu irmão, roubou seu reino e a fez prisioneira.

Numa mistura de fantasia épica e ação com um toque de romance, a série é composta de três livros, todos publicados no país pela editora HarperCollins Brasil. Entre eles estão o bestseller do The New York Times, “Neve e Cinzas” (2014), romance de estreia de Sara Raasch, seguido pelas obras “Gelo e Fogo” (2015) e, finalmente, “Geada e Noite” (2016).

Saiba mais sobre a obra no site oficial da editora HarperCollins Brasil.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Michael Connelly em dose dupla nas livrarias

sexta-feira, junho 16, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Suma de Letras, selo da Companhia das Letras, lança nas livrarias de todo país dois novos thrillers do premiado autor americano Michael Connelly.


Com mais de 55 milhões de exemplares vendidos, o autor bestseller nº 1 do The New York Times, Michael Connelly retorna este mês às livrarias de todo país com as obras “A Caixa-Preta” e “Os Deuses da Culpa”. Sendo que, ambas possuem tradução de Cássio de Arantes Leite e arte de capa feita por Claudia Espínola de Carvalho.

Com 304 páginas, o romance policial “A Caixa-Preta” (The Black Box), publicado originalmente em 26 de novembro de 2012, é o 18º livro protagonizado por um dos mais famosos personagens criados por Connelly, o detetive do Departamento de Polícia de Los Angeles, Hieronymus “Harry” Bosch.

Em 1992, Los Angeles viveu uma onda de protestos que deram início a vários dias de anarquia e violência. Foi quando o detetive Harry Bosch viu a fotojornalista Anneke Jespersen pela primeira vez: assassinada à queima-roupa no fundo de um beco escuro. Na confusão da época, o crime nunca foi resolvido. Vinte anos depois, Bosch tem uma nova chance de solucionar o mistério. Um caso o leva de volta àquela fatídica noite, e ainda mais longe, aos campos de batalha onde crimes de guerra foram enterrados; crimes que há décadas esperam por justiça.

Já “Os Deuses da Culpa” (Gods Of Guilt), quinto livro protagonizado pelo advogado Mickey Haller, publicado originalmente em 21 de novembro de 2013, conta com 344 páginas, nas quais narra uma emocionante história repleta de perigo e suspense.

Quando Mickey Haller recebe a mensagem “Me liga urgente – 187”, o código penal para assassinato logo chama sua atenção. Casos assim são sempre os mais complicados, e os que pagam melhor, o que significa que ele não pode falhar. Mas quando descobre que a vítima é uma ex-cliente, uma prostituta que ele ajudou a tirar das ruas, Mickey sente que sua reputação está em jogo. A vítima estava de volta a Los Angeles e de volta à prostituição - mas por quê? De repente, Mickey percebe que, em vez de salvá-la, pode ter sido ele a colocá-la em perigo. É hora de confrontar seu passado, e Haller precisará de todo seu talento e esperteza para cuidar de um caso que pode ser sua redenção, ou a prova de toda a sua culpa.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

O Voo da Vespa em nova edição

quarta-feira, junho 14, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Arqueiro lança, oficialmente, nas livrarias de todo o país, a mais nova edição do romance histórico “O Voo da Vespa” do autor bestseller britânico Ken Follett.


“Hornet Flight”, título original da obra publicada pela primeira vez em novembro de 2002, conta com tradução de Haroldo Netto, uma nova arte de capa, e 416 páginas, nas quais Ken Follett exibe mais uma vez sua escrita magistral ao narrar uma história inspirada em fatos reais, que ocorre em plena época das lendárias batalhas aéreas entre britânicos e alemães na Segunda Guerra Mundial.

“Ken Follett acerta o alvo mais uma vez com O Voo da Vespa. A narrativa se inicia a todo o vapor e mantém o ritmo até o final.” – Publishers Weekly

A história

Em junho de 1941, a Dinamarca está sob ocupação das tropas de Hitler. Na costa dinamarquesa, dois irmãos, Harald e Arne Olufsen, lutam contra as rígidas regras impostas por seus pais. Enquanto isso, uma rede de espiões do MI6, o serviço secreto britânico, tenta decifrar um sinal de rádio da Luftwaffe, que menciona um novo equipamento de radar, que tem ajudado os alemães a abater os bombardeiros ingleses a uma velocidade alarmante.

A ligação de Arne com Hermia Mount, uma analista do MI6, recrutada para ajudar a descobrir a nova arma, faz com que ele se torne parte na Resistência dinamarquesa, colocando-o sob a vigilância das forças de segurança do país, e de um homem em particular que tem um motivo pessoal para desejar sua ruína. Assim, numa Europa praticamente dominada pela Alemanha, a vida dessas pessoas se entrelaça de forma irreversível, e quando um decrépito avião bimotor se transforma no único meio de fazer a verdade chegar até as forças aliadas, o destino delas poderá mudar o rumo da guerra – e da história.

“Caiu nas minhas mãos uma história extraordinária sobre dois jovens que desejavam escapar da Dinamarca ocupada em 1941. Eles queriam fugir para a Inglaterra, mas para isso teriam que atravessar o Canal. Decidiram então realizar a travessia num bimotor feito de madeira e tecido, uma viagem bastante arriscada para um avião tão pequeno. O Voo da Vespa é livremente baseado nessa incrível aventura. Eu combinei elementos reais da história para criar este romance.” – Ken Follett

Com mais de 160 milhões de livros vendidos, o autor nº 1 do The New York Times, Ken Follett é mundialmente conhecido por seus thrillers e romances históricos, como a série de sucesso “Os Pilares da Terra” (1989), a trilogia “O Século” (2010) e seu livro de estreia “O Buraco da Agulha” (1978).  Vencedor de diversos prêmios, o autor teve suas obras traduzidas para os mais diversos idiomas e adaptadas inúmeras vezes para as telas do cinema.

Saiba mais sobre o livro no site oficial da editora Arqueiro.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Editora Arqueiro lança novo thriller de Joe Hill

quarta-feira, junho 14, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


Já se encontra disponível nas livrarias o thriller “Mestre das Chamas”, o mais novo livro do autor bestseller americano Joe Hill, lançado pela editora Arqueiro.


“Fireman”, título original da obra publicada pela primeira vez em 17 de maio de 2016, conta com tradução de Fernanda Abreu e 592 páginas, que narram a história de um mundo em colapso, no qual o espírito humano é posto à prova quando as chamas do medo se alastram.

“Original e envolvente. As páginas viram sozinhas.” – George R. R. Martin

A história

Uma pandemia global de combustão espontânea está se espalhando como rastilho de pólvora, e nenhuma pessoa está a salvo. Todos os infectados apresentam marcas pretas e douradas na pele e a qualquer momento podem irromper em chamas.

Nos Estados Unidos, uma cidade após outra cai em desgraça. O país está praticamente em ruínas, as autoridades parecem tão atônitas e confusas quanto a população e nada é capaz de controlar o surto. O caos leva ao surgimento dos impiedosos esquadrões de cremação, patrulhas que saem às ruas e florestas para exterminar qualquer um que acreditem ser portador do vírus.

Em meio a esse horror, Harper Grayson é abandonada pelo marido quando começa a apresentar os sintomas da doença e precisa fazer de tudo para proteger a si mesma e ao filho que espera. Agora, a única pessoa que poderá salvá-la é o Bombeiro – um homem misterioso capaz de controlar as chamas, que caminha pelas ruas de New Hampshire como um anjo da vingança.

Bestseller do The New York Times e vencedor do Goodreads Choice Awards 2016, “Mestre das Chamas” é o quarto livro de Joe Hill, no qual o premiado autor faz uma análise sobre o efeito imprevisível do medo e as escolhas desesperadas que somos capazes de fazer para sobreviver.

Saiba mais sobre o livro no site oficial da editora Arqueiro.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Concurso Nacional de Literatura de Belo Horizonte 2017

terça-feira, junho 13, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


Estão abertas as inscrições para o Concurso Nacional de Literatura mais antigo do país, o Prêmio Cidade de Belo Horizonte, que irá premiar os vencedores com a quantia de 50 mil reais.

foto: divulgação
Promovido pelo Município de Belo Horizonte e coordenado pela Fundação Municipal de Cultura, o concurso, aberto a autores brasileiros natos ou naturalizados, irá premiar obras inéditas, escritas em língua portuguesa, nas categorias “Poesia” e “Conto”.

Sendo que, as obras inscritas na categoria “Conto” podem contemplar uma seleção de contos ou um único conto, e devem ter no mínimo 50 páginas, enquanto que, as obras inscritas na categoria “Poesia” devem conter no mínimo 15 poemas ou 30 páginas, a formatação do texto é livre.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 14 de junho de 2017, na Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte, ou enviadas pelo correio, para o seguinte endereço:

Concurso Nacional de Literatura Prêmio Cidade de Belo Horizonte – 2016
Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte / Centro de Referência da Juventude
Rua Guaicurus, nº 50 – Térreo – Bairro Centro 
CEP: 30111-060 – Belo Horizonte/MG

Confira o regulamento completo do concurso no seu site oficial.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Citação do Dia #54

segunda-feira, junho 12, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


"Você partiu minha alma. Sou metade agonia, metade esperança. Não me diga que é tarde demais, que sentimentos tão preciosos foram-se para sempre. Ofereço-me para você de novo com um coração muito mais seu do que quando você quase o despedaçou há oito anos e meio atrás. Não se atreva a dizer que o homem esquece mais rápido do que a mulher, que seu amor morre mais cedo. Eu tenho amado somente você, mais ninguém."                                                                                                              - Capitão Frederick Wentworth (Persuasão de Jane Austen) 

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Jack Reacher - Acerto de Contas já nas livrarias

segunda-feira, junho 12, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Bertrand Brasil lança, oficialmente, nas livrarias de todo país “Acerto de Contas”, o mais novo thriller do famoso personagem Jack Reacher, criado pelo autor bestseller britânico Lee Child.


“Persuader”, título original da obra publicada pela primeira vez em 13 de maio de 2003, conta com tradução de Marcelo Hauck, capa dura e 406 páginas, nas quais narra uma história repleta de intrigas, ação, suspense e reviravoltas surpreendentes, onde o ex-militar Jack Reacher confronta seu passado em busca da verdade e de justiça.

A história

Em um encontro casual, Jack Reacher se depara com um homem investigado em seu tempo no Exército, dado como morto dez anos atrás. Ao vê-lo vivo, Reacher só tem uma certeza: a justiça ainda não foi feita. Agora, para descobrir a verdade por trás do fantasma de seu passado, ele precisa se infiltrar em uma casa afastada da civilização e se isolar entre desconhecidos e inimigos sob um falso pretexto.

Tudo o que o separa da quebra de seu disfarce e de uma morte dolorosa é a própria perspicácia. Mas, ao se ver dividido entre enfrentar uma situação arriscada e ter a chance de fazer justiça, Reacher sabe que não tem escolha.

Bestseller nº 1 do The New York Times, “Acerto de Contas” é o sétimo livro da série “Jack Reacher” do autor Lee Child, que, até o momento, é composta de 21 livros. Sendo que, apenas alguns deles foram publicados no país pela Bertrand Brasil, selo da editora Record, entre eles estão “Dinheiro Sujo” (1997), “Destino: Inferno” (1998), “Alerta Final” (1999), “O Último Tiro” (2005), “Caçada às Cegas” (2000), “Miragem em Chamas” (2001), “Serviço Secreto” (2002), “Sem Retorno” (2013) e “Acerto de Contas” (2003).

Saiba mais sobre a obra no site oficial da editora Record.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Hay Festival de Literatura e Artes 2017

domingo, junho 11, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


Grande público, ilustres convidados e diversas atrações marcaram a 30ª edição de um dos mais importantes eventos culturais, o Hay Festival de Literatura e Artes, descrito pelo ex-presidente americano Bill Clinton, como o “Woodstock da Mente”.


Comemorando os seus trinta anos em grande estilo, como um evento que não conhece fronteiras, o Hay Festival teve cerca de 250 mil ingressos vendidos para os mais de 500 eventos realizados durante os dias 25 de maio a 04 de junho, nos quais o público pode aventurar-se na imaginação dos maiores pensadores e contadores de histórias do mundo.

O festival reuniu mais de 800 escritores, cientistas, músicos, artistas, jornalistas, líderes globais, vencedores do Prêmio Pulitzer, historiadores, e intelectuais de todo o mundo para compartilhar histórias e ideias em meio as belas paisagens do Parque Nacional Brecon Beacons, no Reino Unido.

“Imagine the World”

Com o tema “Imagine um Mundo Melhor”, o evento discutiu os mais variados assuntos, como a literatura, a poesia, as artes, o cinema, a música, o meio ambiente, a ciência, a história, a religião, a psicologia, a política, a economia, a culinária, a tecnologia, o jornalismo, e muitos outros.

Como a relação entre empresas, governo e sociedade, a imigração, a teoria do multiverso, a computação quântica, a virologia, a adaptação cinematográfica de obras literárias, a ascensão dos robôs, a inteligência artificial, os conflitos globais, o ciberterrorismo, a pós-verdade, o espaço e o tempo. Assim como a exploração de planetas, os vulcões, o impacto das mídias sociais no comportamento humano, a literatura biográfica e a literatura YA, que foi discutida no “#HayYA”, um espaço dedicado a leitores ansiosos para saber mais sobre seus livros e filmes preferidos.

Além das alterações climáticas e das formas inovadores de cultivar alimentos, que foram o foco do fórum deste ano no “Hay on Earth”, no qual foram realizadas uma série de palestras, entre elas a “Transport Futures”, apresentada por Andy Fryers, que discutiu o impacto ambiental do transporte pessoal. A política também foi destaque no Hay Festival, que contou com a participação do senador americano Bernie Sanders, do Membro do Parlamento britânico Nick Clegg, entre muitos outros.

O festival contou ainda com diversos shows, como o “The Sound of the Baskervilles”, desenvolvido para agradar a todos os gostos musicais, e o concerto “The Phantom of the Opera”, inspirado no romance francês de Gaston Leroux, regido pelo organista e compositor padre Richard Williams. Também teve a 4ª edição do aclamado evento Letters Live, no qual renomados atores leem para o público cartas memoráveis de inúmeras personalidades, como Roald Dahl, Beatrix Potter, Barack Obama, Kurt Vonnegut e J.K. Rowling, entre outros.

Falando sobre literatura

Assim, durante 10 dias, o Hay Festival inspirou, encantou e envolveu leitores do mundo inteiro, de todas as idades e gostos literários, com uma programação cultural atraente e diversificada, que contou com a presença dos mais renomados autores nacionais e internacionais.

Entre eles o irlandês John Boyne (O Menino do Pijama Listrado), a canadense Alwyn Hamilton, autora do bestseller “A Rebelde do Deserto”, as escritoras britânicas Paula Hawkins (A Garota No Trem) e Helen Fielding (Bridget Jones Series), assim como o autor americano Paul Beatty, vencedor do Man Booker Prize 2016, e o escritor vietnamita Viet Thanh Nguyen, vencedor do Prêmio Pulitzer 2016. Sem falar no famoso autor britânico Neil Gaiman (Mitologia Nórdica), no conceituado escritor e crítico literário irlandês Colm Tóibín (Brooklyn), no premiado autor e jornalista americano Patrick Ness (Sete Minutos Depois da Meia-Noite) e no autor da obra “Cloud Atlas” David Mitchell.

Além do premiado romancista e jornalista britânico Andrew O'Hagan, da escritora e colunista turca Elif Şafak, do jornalista e escritor canadense Cory Doctorow, do poeta nigeriano Inua Ellams, do advogado e autor palestino Raja Shehadeh, da autora sul coreana Min Jin Lee, do economista e autor grego Yánis Varoufákis. Assim como dos escritores Ahdaf Soueif (Egito), Elizabeth Strout (EUA), Sally Gardner (Reino Unido), Olga Tokarczuk (Polônia), Norman Ohler (Alemanha), Srijato Bandopadhyay (Índia), e Julia Leigh (Austrália), entre muitos outros. 

Nesta edição, o Hay Festival contou ainda com o painel especial “Gabo & Bolaño”, no qual o romancista argentino Andres Neuman, a autora colombiana Carolina Sanin e o escritor mexicano Juan Villoro participaram de uma conversa sobre dois renomados autores latino-americanos, Gabriel García Márquez e Roberto Bolaño. Além disso, o festival também discutiu a vida e obra de Thomas More, autor do clássico “Utopia”, e por falar em clássicos “A Ilíada” e “A Odisseia” de Homero também deram o que falar no evento.

Convidados

Em meio a montanhas espetaculares e uma atmosfera de inspiração e esperança, o Hay Festival contou com a presença de algumas das mentes mais brilhantes, de homens e mulheres que informam o debate sobre a Europa, que se aventuram em novas descobertas e novas tecnologias, com o intuito de ampliar os nossos conhecimentos.

Entre eles o premiado cosmologista e astrofísico, Martin Rees, o geneticista Steve Jones, a neurocientista Hannah Critchlow, o astrônomo Mario Hamuy, o historiador Ilan Pappé, a arqueologista Sada Mire, o filósofo A. C. Grayling, o vulcanologista David M. Pyle, o antropologista J. C. H. King, a física e oceanógrafa Helen Czerski, assim como a especialista em mecânica quântica Linde Wester e a especialista em bioengenharia Michelle Oyen. 

Além do biógrafo, editor e tradutor Daniel Hahn, do geógrafo e autor Nicholas Crane, da advogada Miriam González Durántez, da renomada pianista Joanna MacGregor, da violinista Min Kym, da Chef. Thomasina Miers, da artista e ativista política Nadezhda Tolokonnikova, do premiado jornalista do The Guardian, Ian Coben, e do jornalista e editor da BBC News, John Simpson, entre muitos outros.

Também estiveram presentes no Hay Festival, o roteirista e produtor das séries “Sherlock” e “Doctor Who”, Steven Moffat, além do apresentador e comediante Graham Norton, do roteirista Jimmy McGovern (Cracker), da autora e roteirista Delia Ephron (Mensagem para Você), e do lendário guitarrista da banda Queen, Brian May. Sem falar, nas atrizes Fiona Shaw (Harry Potter) e Charlotte Rampling (Broadchurch), e nos atores Matthew Modine (Stranger Things) e Michael Sheen (Passengers).

Celebrações

Este foi um ano de muitas comemorações no Hay Festival, a começar pelos 500 anos das 95 Teses que Martinho Lutero pregou na porta da igreja em Wittenberg, desafiando a autoridade do Papa com uma nova visão radical do que poderia ser o cristianismo. A revolução que ele colocou em movimento derrubou governos, normas sociais e transformou a compreensão de milhões de pessoas sobre sua relação com Deus.

Para marcar a ocasião e impulsionado pelo seu 30º aniversário, o evento lançou o projeto Reformations, uma série de intervenções e re-pensamentos criadas para imaginar um mundo melhor. São ao todo 30 reformas, sendo que as 23 primeiras foram ouvidas no Hay Festival, e as 7 restantes serão apresentadas ainda este ano nos outros festivais ao redor do mundo. Há ainda o projeto “30 hectares”, no qual o Hay Festival planeja plantar 30 hectares de árvores em parceria com diversas escolas do País de Gales. 

Dando início ao projeto, o festival convidou 30 jovens escritores, pensadores, artistas e ativistas para examinar, reavaliar e re-imaginar as instituições e autoridades do mundo, como o Healthcare System (NHS) e a European Union (UE), a Internet, o casamento, a honra, a cidadania, o homem, o capitalismo, a educação, as fronteiras, a guerra e a paz, entre outros. 

O evento contou ainda com a celebração do bicentenário de Jane Austen, nos eventos “Jane Austen at Home”, onde a história da autora foi contada através dos lugares e espaços importantes para ela, e no “Jane Austen 200”, no qual o professor John Mullan (Canadá) e os escritores Sarah Churchwell (EUA) e Colm Toíbín (Irlanda), falaram sobre o que define o gênio de uma das mais conceituadas romancistas, que vem conquistando gerações de fãs. Também teve o painel “The Genius of Jane Austen: Her Love of Theatre and Why She is a Hit in Hollywood”, onde a autora Laura Byrne apresentou a escritora sob um ponto de vista radical, além de discutir o porquê seus livros fazem filmes tão incríveis.

Já o aniversário de nascimento do “pai da história”, o historiador grego Heródoto (484 a.C.-425 a.C.), foi comemorado no evento “Herodotus 2500”, no qual o autor Paul Cartledge falou sobre a vida e obra do grande narrador e investigador infinitamente curioso, cujas histórias são a fonte de muito do que conhecemos do mundo antigo.

HayDays

O festival também teve um espaço, especialmente, dedicado as crianças, jovens e suas famílias, o “HayDays”, que contou com sessões de autógrafos, oficinas, contação de histórias, além de debates e bate-papos com renomados autores e ilustradores da literatura infanto-juvenil.

Entre eles a escritora Cressida Cowell (Como Treinar o seu Dragão), o autor Anthony Horowitz (Alex Rider), o jornalista e escritor Horatio Clare (Aubrey and the Terrible Yoot), e a autora Julia Donaldson (The Gruffalo). Além da renomada escritora e ilustradora Judith Kerr (The Tiger who Came to Tea), do premiado autor Andy Stanton (Mr. Gum), e dos famosos ilustradores Chris Riddell, Oliver Jeffers, Axel Scheffler, Helen Oxenbury, e vários outros.

Além da literatura infanto-juvenil, a ciência também fez parte do “HayDays”, onde os jovens leitores puderam participar de uma incrível jornada pelo mundo dos robôs, com o programa de Robótica do “Museu da Ciência”, no qual cientistas da Universidade de Oxford, compartilharam seus conhecimentos em oficinas de Computação Quântica. A história, a educação e a psicologia também foram temas do “HayDays”, que dos livros infantis aos romances YA, mostrou como as histórias podem ajudar a desenvolver a empatia e a compreensão ao mesmo tempo em que afirma a confiança e a esperança para o futuro.

Saiba mais sobre o Hay Festival em seu site oficial.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Feira do Livro de Joinville 2017

sexta-feira, junho 09, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


Já começou um dos mais importantes eventos literários de Santa Catarina, a Feira do Livro de Joinville, que acontece até o dia 18 de junho no Centreventos Cau Hansen.


Em sua 14ª edição, a Feira do Livro irá homenagear o renomado escritor Monteiro Lobato, o criador do Sítio do Pica-pau Amarelo, assim como o segundo maior país colonizador de Joinville, a Itália, berço de grandes nomes como Michelangelo e Leonardo da Vinci.

Programação

Com o tema “Arte, Literatura & Tecnologia”, o evento tem como objetivo promover o encontro de autores de várias regiões com o público e estimular a formação de leitores. Sendo que para isso contará com as mais diversas atrações, como exposições, cinema, música, apresentações artísticas e um desfile de cosplays. 

Sem falar no Encontro Catarinense de Quadrinistas, Game Jam, HQs e jogos eletrônicos. Assim como inúmeras oficinas, palestras, seminários e saraus. Além de projetos educativos voltados à leitura, contação de histórias, lançamentos de livros, sessão de autógrafos, e debates e bate-papos com inúmeros convidados.

Entre eles a jornalista, economista e autora Miriam Leitão, a pesquisadora e escritora de literatura juvenil Marisa Lajolo, o escritor, dramaturgo e autor de telenovelas Walcyr Carrasco, o ator e escritor de livros infantis Lázaro Ramos e os ilustradores Rogério Coelho e Alexandre Beck. Assim como os escritores Raphael Montes, Paula Pimenta, Rosana Rios e Antonio Prata, além do dramaturgo e Membro da Academia Joinvilense de Letras, Jura Arruda, das booktubers Pam Gonçalves e Melina Souza, entre muitos outros.

A feira do livro, realizada pelo Instituto da Cultura e Educação com apoio da Prefeitura de Joinville e da Fundação Cultural de Joinville, acontece de segunda a sábado, das 9h às 21h, e no domingo das 10h às 20h. Sendo que a entrada é franca. 

Confira a programação completa do evento no seu site oficial.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Mabel Jones e a Cidade Proibida já nas livrarias

sexta-feira, junho 09, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


Já se encontra disponível nas livrarias o segundo volume da extraordinária saga de Mabel Jones, criada pelo autor e ilustrador britânico Will Mabbitt.


“Mabel Jones e a Cidade Proibida” (Mabel Jones and the Forbidden City), publicado originalmente em 2016, conta com tradução de Paula Marconi de Lima, ilustrações de Paolo Rossi e a mesma arte de capa da edição britânica. Além de 312 páginas cheias de aventura, fantasia e humor, que narram a continuação da história de Mabel Jones. 

A história

Quando a Rainha Bruxa, um ser perverso que domina a Cidade Proibida, decide fazer um ritual de magia negra cujo elemento primordial é Mabel Jones, ela envia trepadeiras malignas para sequestrar a menina em seu próprio quarto. Porém, quem acaba indo parar nas garras da cruel feiticeira é Maggie, a irmãzinha bebê de Mabel.

Corajosa, Mabel decide resgatar a irmã. Só que, ela acaba indo parar em um lugar no futuro onde não existem seres humanos e os animais falam e vivem como gente. Assim, a jovem pirata vive as mais horripilantes aventuras, até se deparar com um grande perigo.

A série de Will Mabbitt é composta até o momento de três obras, entre elas “As Improváveis Aventuras de Mabel Jones” (2015), livro de estreia do autor, e “Mabel Jones e a Cidade Proibida” (2016), ambos publicados no país pela Companhia das Letrinhas, selo infantil da Companhia das Letras. Já o terceiro livro da saga, intitulado “Mabel Jones and the Doomsday Book” (2016), ainda não tem previsão de lançamento no país.

Saiba mais no site oficial da Companhia das Letras.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

A Zona Morta ganha nova edição

sexta-feira, junho 09, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Suma de Letras, selo da Companhia das Letras, lança, oficialmente, nas livrarias de todo país a mais nova edição de “A Zona Morta” do mestre do suspense, Stephen King.


“The Dead Zone”, título original da obra publicada pela primeira vez em agosto de 1979, conta com tradução de Maria Molina, arte de capa de Jorge Oliveira, assim como 480 páginas cheias de suspense e terror, nas quais é narrada a envolvente história de John Smith.

A história

Depois de quatro anos e meio, John Smith acorda de um coma causado por um acidente. No entanto, junto com a consciência, ele traz do limbo onde esteve poderes inexplicáveis. O passado, o presente, o futuro - nada está fora de alcance.

Basta um toque e ele vê mais sobre as pessoas do que jamais desejou. O resto do mundo parece considerar seus poderes um dom, mas para John eles são mais uma maldição, pois não importa o que faça ele não consegue se livrar das visões. Até que um dia, ao apertar a mão de um político, John prevê o que parece ser o fim do mundo.

Numa mistura de sobrenatural e ficção científica, o clássico de Stephen King conquistou leitores no mundo inteiro, sendo traduzido para os mais diversos idiomas, além de ter inspirado várias adaptações tanto para a TV quanto para as telas do cinema. 

Saiba mais sobre o livro no site oficial da Companhia das Letras.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Editora Rocco lança novas edições da Biblioteca Hogwarts

sábado, maio 20, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


Os fãs de J.K. Rowling já podem comemorar, pois três de seus livros retornam, oficialmente, as livrarias de todo país, em novas edições lançadas pela editora Rocco.


Com capa dura, um novo projeto gráfico e novas ilustrações de capa e miolo, os títulos “Animais Fantásticos e Onde Habitam”, “Quadribol Através dos Séculos” e “Os Contos de Beedle, o Bardo” compõe o box “Biblioteca Hogwarts”. Sendo que todos os livros contam com 128 páginas e tradução de Lia Wyler, além de fazerem parte do material de leitura dos alunos da Escola de Magia e Bruxaria na série “Harry Potter”.

Biblioteca Hogwarts

Com seis novas criaturas e prefácio inédito escrito pelo especialista em animais fantásticos, Newt Scamander, a nova edição de “Animais Fantásticos e Onde Habitam” (Fantastic Beasts and Where to Find Them), publicado originalmente em março de 2001, reúne informações detalhadas sobre diversos tipos de seres fabulosos, razão pela qual é considerada leitura obrigatória para os aprendizes de bruxos.


Já “Quadribol Através dos Séculos” (Quidditch Through the Ages), também publicado originalmente em 2001, apresenta um histórico completo do esporte mais popular entre os bruxos, escrito pelo famoso especialista em quadribol, Kennilworthy Whisp, que explica tudo sobre o esporte, desde a sua origem até o presente século, as modificações ocorridas ao longo do tempo, descrição dos times, sua difusão pelo mundo, e muito mais.

Mencionado pela primeira vez em “Harry Potter e as Relíquias da Morte” como um presente deixado por Alvo Dumbledore para Hermione Granger, “Os contos de Beedle, o Bardo” (The Tales of Beedle the Bard), publicado originalmente em dezembro de 2007, reúne cinco histórias populares para jovens bruxos e bruxas. Traduzido das runas originais por Hermione, a partir do velho exemplar herdado por ela, o livro traz comentários e notas do professor Dumbledore, que revelam muitas curiosidades sobre sua personalidade e sobre o passado de Hogwarts.

Saiba mais sobre o box no site oficial da editora Rocco.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

O Simpatizante já nas livrarias

sábado, maio 20, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


Vencedor do Prêmio Pulitzer 2016 e mais outros cinco prêmios, “O Simpatizante” do autor bestseller Viet Thanh Nguyen, é lançado, oficialmente, nas livrarias de todo país, pelo selo Alfaguara da editora Companhia das Letras.


“The Sympathizer”, título original da obra, conta com tradução de Cássio de Arantes Leite, arte de capa de Daniel Trench, além de 392 páginas, que narram um romance de espionagem com muito suspense e um leve toque de humor negro, no qual é apresentado um ponto de vista inédito da Guerra do Vietnã.

A trama

A história acompanha um agente duplo comunista sem nome, que se infiltrou no exército sul-vietnamita e conseguiu se refugiar nos Estados Unidos depois da Queda de Saigon. 

Pessoa de confiança de um general que se recusa a admitir a derrota para os vietcongues, esse “homem de duas mentes” observa o esforço dos refugiados vietnamitas para sobreviver em uma melancólica Los Angeles enquanto secretamente reporta a seus superiores comunistas no Vietnã.

Considerado pelo Pulitzer como “um romance de estreia profundo, surpreendente e muito bem trabalhado”, o livro de Viet Thanh Nguyen foi publicado pela primeira vez em 02 de abril de 2015, coincidindo com o 40º aniversário do fim da Guerra do Vietnã.

Saiba mais no site oficial da Companhia das Letras.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Editora Record lança novo livro das Crônicas Saxônicas

sábado, maio 20, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Record lança, oficialmente, o tão esperado décimo volume da aclamada “Crônicas Saxônicas” do autor bestseller britânico Bernard Cornwell.


“O Portador do Fogo” (The Flame Bearer), publicado originalmente em outubro de 2016 no Reino Unido, conta com tradução de Alves Calado e 324 páginas, nas quais é narrada a emocionante saga de Uhtred, o senhor de Bebbanburg, numa mistura de fatos históricos, fantasia e muita ação.

A trama

A Britânia enfim encontra um momento de paz. Sigtryggr, senhor da Nortúmbria, e a rainha Æthelflaed, senhora da Mércia, chegaram a um acordo e decretaram uma trégua, com o apoio do valente guerreiro, Uhtred de Bebbanburg.

Sob a superfície dessa frágil calma, Uhtred começa sua campanha que terminará com o assalto a Bebbanburg, a grande fortaleza que lhe foi roubada na infância por seu tio, e agora é mantida por seu ardiloso primo. No entanto Uhtred acaba tendo seus planos destruídos pelos inimigos que fez depois de tantos anos em guerra, pelos juramentos que prestou, e por uma rede de intrigas, que o desviam temporariamente do sonho de recuperar Bebbanburg.

E isso abre espaço para o surgimento de um novo inimigo, o temível Constantin da Escócia, que comanda seu exército para o sul para conquistar as terras da Nortúmbria. Porém, Uhtred está determinado, e nada, nem novos nem antigos inimigos, será capaz de mantê-lo afastado de seu direito de nascimento, afinal ele não é o supremo senhor da guerra da Grã-Bretanha por nada.

Bestseller do New York Time, as “Crônicas Saxônicas” (The Saxon Stories) do renomado autor Bernard Cornwell é composta, até o momento, de dez livros, todos publicados no Brasil pela editora Record. Entre eles estão “O Último Reino” (2004), “O Cavaleiro da Morte” (2005), “Os Senhores do Norte” (2006), “A Canção da Espada” (2007), “Terra em Chamas” (2009), “Morte dos Reis” (2011), “O Guerreiro Pagão” (2013), “O Trono Vazio” (2014), “Guerreiros da Tempestade” (2015) e, finalmente, “O Portador do Fogo” (2016).

Saiba mais sobre a obra no site oficial da editora Record.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

The Underground Railroad já nas livrarias

terça-feira, maio 16, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora HarperCollins Brasil lança, oficialmente, “The Underground Railroad. Os Caminhos Para a Liberdade” do autor bestseller americano Colson Whitehead, vencedor do Prêmio Pulitzer 2017 e do National Book Awards 2016.


Com 320 páginas e tradução de Caroline Chang, o aclamado romance publicado pela primeira vez em agosto de 2016, narra a história de uma jovem que tenta a todo o custo escapar dos horrores da escravidão, em plena era pré-Guerra Civil, quando a América praticava a importação brutal de africanos para o país. 

A história

Cora é uma jovem escrava em uma plantação de algodão na Geórgia, no sul dos Estados Unidos. A vida é infernal para todos os escravos, mas especialmente terrível para Cora. Uma pária até mesmo entre outros africanos, ela está chegando à maturidade, que a tornará vítima de dores ainda maiores.

Assim, quando Caesar, um recém-chegado da Virgínia, revela uma rota de fuga chamada a ‘Ferrovia Subterrânea’, ambos decidem escapar de seus algozes, indo para o norte, onde aboliram a escravidão. Mas nada sai como planejado, e Cora e Caesar sabem que estão sendo caçados.

Bestseller do The New York Times e um dos mais aclamados romances do ano, “The Underground Railroad”, mistura fatos históricos e ficção, numa trama comovente, na qual a “Ferrovia Subterrânea”, como eram chamados os caminhos clandestinos criados pelos escravos para fugir de seus senhores, se torna uma ferrovia de verdade.

Saiba mais sobre a obra no site oficial da editora HarperCollins Brasil.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Citação do Dia #53

segunda-feira, maio 15, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


"Hoje dê um dos seus sorrisos a um estranho. Esse pode ser o único raio de sol que ele verá durante todo o dia." - Cecelia Ahern (P.S. Eu Te Amo)

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

A Ordem dos Clarividentes já nas livrarias

quinta-feira, maio 11, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Rocco lança, oficialmente, o tão esperado segundo volume da série que teve início com o livro “A Temporada de Ossos” da autora britânica Samantha Shannon.


“A Ordem dos Clarividentes” (The Mime Order) publicada originalmente em janeiro de 2015 no Reino Unido, conta com tradução de Cláudia Mello Belhassof e 400 páginas, nas quais é narrada a eletrizante sequência da história de Paige Mohoney, em uma trama repleta de segredos, intrigas, traições, violência e reviravoltas.

A história

Paige Mahoney escapou do brutal campo de prisioneiros dos rephaites, mas seus problemas ainda não acabaram, pois muitos dos outros fugitivos estão desaparecidos e ela é a pessoa mais procurada de Londres.

Contando com a ajuda de uns poucos amigos e alguns surpreendentes aliados, Paige tem que usar todos os seus dons para provar sua inocência e revelar a verdade sobre os rephaites, antes que seja tarde demais. No entanto, esta não será uma tarefa fácil, pois a comunidade clarividente está dividida por segredos obscuros e os rephaites estão começando a sair das sombras.

Numa mistura de fantasia, distopia, ficção científica, horror e sobrenatural, a série bestseller internacional “The Bone Season” de Samantha Shannon é composta de sete livros, possuindo até o momento dois livros lançados no país pelo selo Fantástica da editora Rocco. Sendo eles “Temporada de Ossos” (2013) e “A Ordem dos Clarividentes” (2015). Já o terceiro livro intitulado “The Song Rising” foi publicado este ano no Reino Unido, enquanto que o quarto livro da série, ainda sem título, está previsto para ser lançado em 2018.

Saiba mais sobre a obra no site oficial da editora Rocco.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Editora Arqueiro lança novo livro da série Outlander

quinta-feira, maio 11, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Arqueiro lança, oficialmente, o segundo volume de “A Cruz de Fogo”, quinto livro da famosa série “Outlander” da autora americana Diana Gabaldon.


Dividida em dois livros, a emocionante história de “A Cruz de Fogo” (The Fiery Cross) narra o empenho de Jamie em proteger sua família e manter suas terras às vésperas de um conflito histórico. Sendo que, a segunda parte da obra conta uma história sobre lealdade, em meio a uma trama comovente, com personagens cativantes e inúmeras reviravoltas. Tudo isso em 592 páginas, repletas de romance e detalhes históricos, com tradução de Carolina Caires Coelho.

“Uma aventura extraordinária que esquadrinha o coração, examina a alma e julga o espírito humano ao longo dos séculos.” – CNN

A história

O ano é 1771 e a guerra está diante de Jamie, Claire e sua família. Quando as tensões entre o governo e os rebeldes se acirram, a milícia é convocada mais uma vez e o conflito chega ao clímax na Batalha de Alamance.

De volta ao vilarejo onde moram, os Frasers e os MacKenzies ainda terão que enfrentar diversas tribulações, que acabarão aproximando Jamie e seu genro, Roger. 

Sem falar no surpreendente retorno de um conhecido, que traz uma pista capaz de desvendar os mistérios que cercam os viajantes do tempo.

Bestseller do The New York Times, a saga “Outlander” de Diana Gabaldon mistura de forma surpreendente fantasia, romance, aventura e fatos históricos numa série de oito livros. Entre eles, “A Viajante do Tempo” (1991), “A Libélula no Âmbar” (1992), “O Resgate no Mar” (1993), “Os Tambores do Outono” (1996), “A Cruz de Fogo” (2001), “Um Sopro de Neve e Cinzas” (2005), “Ecos do Futuro” (2009) e “Written in My Own Heart's Blood” (2014). Sendo que, os livros foram publicados no Brasil pelas editoras Rocco e Arqueiro, com exceção do último volume ainda sem previsão no país. 

Saiba mais sobre o livro no site oficial da editora Arqueiro.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!