Flipoços 2016

sábado, abril 30, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


cidade mineira de Poços de Caldas se torna palco hoje do Festival Literário de Poços de Caldas, o Flipoços, que acontece até o dia 08 de maio, no Espaço Cultural da Urca.

imagem: divulgação
Com o tema “De Camões a Machado de Assis: uma viagem pela literatura clássica”, a edição deste ano pretende realizar uma reflexão sobre a vida e obra de alguns dos grandes nomes da literatura clássica como os escritores Luís Vaz de Camões, Machado de Assis, José de Alencar, Miguel de Cervantes, William Shakespeare, Fiódor Dostoiévski, dentre muitos outros assuntos interessantes.

Em sua 11ª edição, o evento terá como patrono o renomado historiador, cientista político e autor mineiro José Murilo de Carvalho, membro da Academia Brasileira de Letras. Sendo que, o festival também irá homenagear o renomado escritor, jornalista e historiador carioca Euclides Rodrigues da Cunha (1866- 1909), autor do clássico da literatura brasileira “Os Sertões”. Assim como a professora e autora Benedicta Pires Duarte, considerada uma ilustre personalidade de Poços de Caldas.

Já o país homenageado será o Uruguai, oficialmente República Oriental do Uruguai, que irá apresentar um pouco de sua cultura, arte e literatura na Flipoços. Além do estado brasileiro do Rio Grande do Sul, que possui papel marcante na história do Brasil, tendo sido palco da Guerra dos Farrapos, e a Livraria Lello & Irmão, em Portugal, reconhecida como uma das mais belas livrarias do mundo por diversas personalidades e entidades, como o jornal britânico The Guardian.

Convidados

Além da já tradicional diversidade de temas e assuntos que reina na Flipoços, o festival deste ano também contará com a participação de inúmeros escritores, poetas, jornalistas e personalidades, que irão discutir os mais variados assuntos como a literatura clássica, o jornalismo, os quadrinhos, a poesia, a arte, a música, a gastronomia, a educação, o livro, a política, as redes sociais, e muito mais.

Entre os convidados nacionais estarão a autora e historiadora Mary Del Priore, a poetiza Alice Ruiz, o fotógrafo J. R. Duran, o Chef Henrique Benedetti, e as jornalistas e autoras Regina Echeverria, Adriana Carranca e Cláudia Nina. Assim como os escritores Paulo Lins, Francisco Azevedo, Lúcia Bettencourt, Iris Figueiredo, Jeanette Rozsas, Paula Fábrio e Sergio Biscaldi.

Além do ator e diretor Ronaldo Marin e do professor de ciência política Carlos Klein, que se reúnem no dia 07 de maio na Arena Cultural para um bate-papo sobre a vida e obra de dois dos maiores escritores de todos os tempos, o russo Fiódor Dostoiévski e o britânico William Shakespeare, que completa este ano 400 anos de morte.

Também estão confirmados o ator, diretor e dramaturgo Euler Santi, a antropóloga e escritora Deborah Goldemberg, o jornalista e escritor Luiz Biajoni, o autor e historiador Clóvis Bulcão, assim como o professor e curador do prêmio Jabuti, José Luiz Goldfarb, o poeta, ensaísta e crítico literário Antonio Carlos Secchin, membro da Academia Brasileira de Letras, e muitos outros.

Já entre os convidados internacionais estarão à ensaísta e jornalista cultural do Uruguai, Alicia Torres, o escritor moçambicano Mbate Pedro, e a escritora holandesa, radicada no Brasil, Nanette Blitz Konig, amiga da jovem Anne Frank. Além dos autores portugueses Luis Serguilha, Nuno Camarneiro e Luiza Nóbrega, entre outros.

Programação

Assim, durante nove dias, o festival promete uma programação cultural variada e dinâmica, com direito a exibição de filmes, oficinas, apresentações artísticas, lançamentos literários, sessões de autógrafos, palestras, contação de histórias, debates e bate-papos com grandes nomes da cultura brasileira e estrangeira.

Tudo isso em espaços como a tradicional “Arena Cultural” e o famoso “Circuito Pegada Literária”. Sem falar na 11ª edição da “Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas”, realizada simultaneamente a Flipoços, assim como a “Flipocinhos”, um espaço dedicado especialmente as crianças. Sendo que, em 2016, o Festival irá lançar o “Circuito Cultural Literário Flipoços +”, que promete levar muita cultura, entretenimento, informação e diversão para mais quatro tendas externas.

O Flipoços contará ainda com o concerto “Clássicos da Música” com a Banda Sinfônica do Conservatório Municipal de Poços de Caldas, sob a regência do maestro Juliano Barreto junto com o baixo-barítono Orival Bento Gonçalves, que abrem o festival com chave de ouro num espetáculo que enaltece compositores consagrados como Mozard e Verdi. O show de abertura, que ocorre hoje, às 19h30, no Teatro da Urca, será aberto ao público, sem necessidade de ingresso.

Confira a programação completa do evento no seu site oficial.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Companhia das Letras lança Vozes de Tchernóbil

terça-feira, abril 26, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Companhia das Letras lança, oficialmente, hoje a obra “Vozes de Tchernóbil” da autora e jornalista bielorrussa Svetlana Alexievich.

foto:divulgação
Considerado um dos livros mais famosos da autora, “Voices from Chernobyl”, título americano da obra publicada pela primeira vez em 1997 na Rússia, possui tradução da professora de literatura russa Sônia Branco, e conta com acabamento em brochura e ilustração de capa feita por Daniel Trench. Além de 384 páginas, nas quais é narrado o relato e testemunho de uma das maiores tragédia da humanidade, o desastre nuclear de Tchernóbil, que hoje completa 30 anos.

A história

Em 26 de abril de 1986, uma explosão na usina nuclear de Tchernóbil, na Ucrânia, provocou uma catástrofe sem precedentes: uma quantidade imensa de partículas radioativas foi lançada na atmosfera contaminando boa parte da Europa. Em poucos dias, a cidade de Pripyat, fundada em 1970, teve que ser evacuada. Pessoas, animais e plantas, expostos à radiação liberada pelo vazamento da usina, padeceram imediatamente ou nas semanas seguintes.

Enquanto isso, os governantes e gestores soviéticos, se esquivavam da verdade e expunham trabalhadores, cientistas e soldados à morte durante os serviços de reparo na usina. As pessoas recebiam poucas informações, numa luta inglória, em que pás eram usadas para combater o átomo. A morte chegava em poucos dias.

“Vozes de Tchernóbil”, primeiro livro da autora Svetlana Alexievich a ser publicado no Brasil, é uma obra arrebatadora, que une de forma única o jornalismo e a literatura, para contar uma história real,  por meio das vozes dos envolvidos na tragédia.

A autora e jornalista, vencedora do Prêmio Nobel de Literatura 2015, levou anos reunindo material, e entrevistando centenas de pessoas afetadas pela catástrofe, viúvas, soldados, gente do povo, cientistas ainda debilitados pela experiência, e aqueles chamados para limpar o desastre. Suas histórias revelam o medo, a raiva e a incerteza com a qual eles ainda vivem.

Considerado uma obra-prima do nosso tempo, o livro faz parte do ciclo “Voices of Utopia”, um série de cinco livros-reportagem onde a vida na União Soviética é retratada a partir da perspectiva do indivíduo. Sendo que, o primeiro deles War’s Unwomanly Face, compilação das memórias das mulheres soviéticas que lutaram na Segunda Guerra Mundial, será lançado em junho também pela Companhia das Letras, às vésperas da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), na qual Svetlana já é presença confirmada.

Saiba mais sobre o livro no site oficial da Companhia das Letras.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Citação do Dia #24

segunda-feira, abril 25, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


"Um leitor vive mil vidas antes de morrer, o homem que nunca lê vive apenas uma."                                                                              - George R. R. Martin (As Crônicas de Gelo e Fogo)
Designed by Freepik.com

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

HBO exibe 6ª temporada de Game of Thrones

domingo, abril 24, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


Estreia esta noite, às 22h, nos Estados Unidos e no Brasil, a tão esperada sexta temporada da série “Game of Thrones”, inspirada na obra do autor norte-americano George R. R. Martin.


Criada por David Benioff e D. B. Weiss, a série, exibida pela rede americana HBO, teve sua estreia em 17 de abril de 2011, se tornando um sucesso de audiência e conquistando inúmeros prêmios como Emmy Awards 2015, além de milhares de fãs no mundo inteiro.

As Crônicas de Gelo e Fogo

Game of Thrones é baseada na saga literária “As Crônicas de Gelo e Fogo”, que conta, atualmente, com cinco livros publicados, além de mais dois planejados. No entanto, a série alcançou em sua última temporada os acontecimentos finais do quinto livro. Assim, pela primeira vez leitores e espectadores estão juntos no mesmo ponto da grande narrativa da saga, sem ter a mínima ideia no que se refere ao futuro da série.

A história se passa em Westeros, uma terra medieval na qual os “verões duram décadas e os invernos uma vida inteira”, palco de uma batalha entre algumas das mais nobres famílias dos sete reinos pelo controle do Trono de Ferro. Enquanto que, nas regiões desconhecidas ao norte da Muralha, um terrível inimigo se aproxima para destruir a todos.

Considerado um sucesso de vendas, a saga literária, que teve seu primeiro volume publicado em 1996, pela editora Bantam Spectra, já se encontra disponível no Brasil, sendo lançada pela editora LeYa. Sendo que, o sexto livro da série, “The Winds of Winter”, ainda não têm previsão de lançamento nos EUA.

Valar Morghulis

Com uma sequência de eventos trágicos e chocantes, a série da HBO fez jus ao seu slogan “Valar Morghulis” (todos os homens devem morrer) no final de sua quinta temporada, dando fim a vários personagens queridos do público, e outros nem tanto.


Assim, depois de um longo período de espera Game of Thrones retorna com o episódio “The Red Woman”, e um pôster oficial pra lá de sinistro. Nesse primeiro episódio da temporada três coisas parecem claras “Jon Snow está morto. Daenerys conhece um homem forte. Cersei vê sua filha novamente”, e todos precisam lutar por suas vidas.

Produção

A sexta temporada, assim como as anteriores, contará com dez episódios, que são na maioria filmados no Paint Hall Studios, em Belfast, e em outras localizações na Irlanda do Norte, Malta, Croácia e Islândia.

A série, que já foi renovada para a sétima temporada, também contará com o retorno de Bran Stark (Isaac Hempstead Wright), que, após o treinamento com o misterioso Corvo de Três Olhos, pode agora usar seus dons especiais para ver o passado, o presente e o futuro de Westeros. 

Sendo que, a volta de Bran a narrativa pode significar o retorno de Hodor (Kristian Nairn) e Meera Reed (Ellie Kendrick). Também há rumores de que essa nova temporada contará com a volta de antigos personagens a muito não vistos. Além de algumas novidades no elenco, como o ator Joe Naufahu (Khal Moro), que irá contracenar com Emilia Clarke. 

Sem falar no elenco sobrevivente, entre eles Peter Dinklage (Tyrion), Nikolaj Coster-Waldau (Jaime), Lena Headey (Cersei), Emilia Clarke (Daenerys), Maisie Williams (Arya), Sophie Turner (Sansa), Alfie Allen (Theon), John Bradley (Sam), Liam Cunningham (Sor Davos), Iain Glen (Jorah), Michiel Huisman (Daario), Carice van Houten (Melisandre), Conleth Hill (Varys), entre outros sortudos.

Game of Thrones nem sempre seguiu a risca os fatos contidos nas páginas dos livros, causando grandes mudanças nas narrativas de vários personagens em relação à história da obra de Martin, como, por exemplo, no caso de Sansa Stark. Mas dessa vez, a trama da série está a frente da narrativa do livro, e agora tudo é possível. O que não deve ser um bom sinal para o elenco sobrevivente.

Saiba mais sobre a série em seu site oficial (em inglês).

Assista ao trailer (em inglês):

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Uma Homenagem a William Shakespeare

sábado, abril 23, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


Há 400 anos, o mundo perdia um dos grandes nomes da literatura clássica universal, o consagrado escritor, poeta, dramaturgo e ator britânico William Shakespeare.


Considerado um dos mais importantes autores de todos os tempos, Shakespeare morreu em 23 de abril de 1616, no dia do seu aniversário, deixando para a humanidade um legado de belíssimas e comoventes histórias, que durante os anos tem encantado gerações e inspirado inúmeros autores e adaptações, sendo traduzidas para os mais diversos idiomas.

Homenagens

Mais de quatrocentos anos após terem sido escritos, as obras de William Shakespeare continuam a ser um sucesso de público e vendas, conquistando inúmeros fãs em todo o mundo. Assim, para celebrar esse incrível legado e o aniversário do autor, além de prestar homenagem aos 400 anos de sua morte, países do mundo inteiro realizam, ao longo do ano, os mais diversos eventos.

A começar pela Inglaterra, terra natal de Shakespeare, onde quase todas as principais instituições culturais pretendem realizar um evento especial em honra ao autor, entre elas a Royal Shakespeare Company, que irá sediar o “Shakespeare Live!”, um programa transmitido ao vivo pela BBC, no qual participam famosos atores, como David Tennant e Catherine Tate, além de Sir Ian McKellen, Joseph Fiennes, Helen Mirren, Judi Dench, Benedict Cumberbatch, e outros.

O Teatro Nacional, o Royal Festival Hall, e o Victoria and Albert Museum, entre outros, também tem eventos programados para este fim de semana. Já a British Library irá realizar um evento de gala, em parceria com o World Book Night, no qual renomados autores e atores irão ler seus textos preferidos de Shakespeare. Sendo que, a cidade natal do bardo, Stratford-upon-Avon, também se torna palco de inúmeros tributos, a começar por um desfile, no qual multidões foram as ruas usando máscaras de William Shakespeare, seguido de encenações das peças do autor ao ar livre, e mais.

O Google também celebra a data com um doodle especialmente criado para o Reino Unido, que conta com imagens de algumas das obras mais conhecidas do bardo. Além da figura de St. George, santo padroeiro da Inglaterra, que é conhecido por matar um dragão. 

Já no restante do mundo, inúmeros eventos são realizados em honra ao autor, entre eles a Feira Internacional do Livro de Buenos Aires, na Argentina, e a Feira Internacional do Livro de Bogotá (FILBO), na Colômbia, que irão promover uma série de eventos para celebrar a vida e obra do autor. Enquanto que, no Brasil, o British Council preparou uma série de atividades em São Paulo e no Rio de janeiro, que se estende ao longo do ano, como debates, homenagens, exibição de filmes baseados na obra do escritor, e muito mais.

Sobre o autor

William Shakespeare / Foto:divulgação
William Shakespeare nasceu na pequena cidade de Stratford-upon-Avon, na Inglaterra, filho de John Shakespeare, um bem-sucedido comerciante, que ocupou vários cargos na administração da cidade, e Mary Arden, filha de um rico proprietário de terras.

Já a data de nascimento do autor é desconhecida, mas sabe-se que foi batizado em 26 de abril de 1564, razão pela qual se supõe que tenha nascido um pouco antes, em 23 de abril, por causa do costume da época de batizarem as crianças três dias após seu nascimento.

Devido à falta de documentação da época, pouco se sabe sobre sua infância e juventude, mas supõe-se que tenha tido uma boa educação, tendo frequentado a escola primária King Edward VI, onde teria aprendido latim e literatura. E, aos dezoito anos, em 1582, o jovem William casou-se com a filha de um fazendeiro das redondezas, Ann Hathaway, com quem teve três filhos, Susanna, e os gêmeos Hamnet e Judith.

Não existem muitos vestígios históricos a respeito de Shakespeare durante esta época, até o momento em que ele é mencionado como parte da cena teatral de Londres em 1592, um período histórico que favorecia o desenvolvimento cultural e artístico, sob o reinado da rainha Elizabeth I. Acredita-se que, em 1593, Shakespeare já era um dramaturgo e um ator de sucesso, tendo publicado o poema “Venus and Adonis” e, no ano seguinte, o poema “The Rape of Lucrece”, além das três partes de “Henry VI”, assim como “Richard III”, “Titus Andronicus”, “Dois Cavalheiros de Verona”, “Trabalhos de Amor Perdidos”, “A Comédia dos Erros” e “A Megera Domada”.

Quando em 1596, uma tragédia se abateu sobre o autor, com a morte de seu único filho homem, Hamnet. Ainda de luto, Shakeaspeare escreveu aquela que seria conhecida como uma de suas peças mais famosas, “Romeo e Julieta”, seguida de “Sonho de uma noite de verão” e “O Mercador de Veneza”.

Já no ano de 1598, William Shakeaspeare era considerado como um dos mais importantes dramaturgos da língua inglesa, com suas peças atraindo milhares de espectadores aos teatros, inclusive sendo impressas e vendidas sob a forma de livro. Razão pela qual a companhia decidiu construir uma nova casa de espetáculos na margem sul do Tâmisa. Tendo os custos sido divididos pelos seus diretores, incluindo Shakespeare, dono de uma pequena fortuna. Assim, segundo todas as fontes indicam surgia, em 1599, o The Globe Theatre, que foi palco para as primeiras apresentações de “Hamlet”, “Otelo”, “Macbeth”, “Rei Lear”, e muitas outras peças famosas.

Aposentando-se dos palcos em meados de 1607, o dramaturgo escreveu ainda duas de suas peças mais famosas, “Conto de Inverno” e “ A Tempestade”. Até que decidiu voltar para sua cidade natal, Stratford, onde era considerado um dos mais ilustres cidadãos. Sendo que, no ano de 1613, o The Globe Theatre foi destruído pelo fogo. Três anos depois, morre William Shakespeare, aos 52 anos, em Stratford, onde foi enterrado, na Holy Trinity Church. Ao longo de sua vida ele escreveu 38 peças, 154 sonetos e inúmeros poemas, que gravaram seu nome na história da literatura e da dramaturgia.

Saiba mais sobre o autor no L&PM Blog.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

400 Anos sem Miguel de Cervantes

sábado, abril 23, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


Há 400 anos morria um dos grandes nomes da literatura, o escritor, poeta e dramaturgo espanhol Miguel de Cervantes Saavedra, que hoje é lembrado em todo o mundo com inúmeras homenagens.

Dom Quixote de La Mancha e Sancho Panza /Foto:divulgação
Miguel de Cervantes é considerado o pai do romance moderno por sua obra-prima “Dom Quixote”, que revolucionou a literatura de sua época, e segue até hoje como um dos livros mais lidos, traduzidos e adaptados. Tendo sido eleito, em 2002, como a “melhor obra de ficção de todos os tempos”, por um júri de 100 autores de reconhecimento internacional.

Homenagens

Na Espanha tem a entrega anual do Prêmio Miguel de Cervantes, que coroa a trajetória literária dos escritores em língua espanhola. Além de outros eventos como exposições, teatro e dança, música, e conferencias nas quais prestigiados autores espanhóis discutem a vida e obra do autor.

Sendo que, o Ministério de Educação, Cultura e Esporte da Espanha também criou o site 400Cervantes, que exibe uma linha do tempo sobre a história e as viagens de Cervantes, fornece informações sobre a vida e obra do autor, e permite o acesso ao Cervantes Digital, onde se encontram os livros e documentos do escritor, que estão em várias instituições, como a Biblioteca Nacional da Espanha (BNE), a Agência Espanhola de Cooperação Internacional e Desenvolvimento (Aecid) e a Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes, entre outras.

Já no restante do mundo inúmeros eventos são realizados para celebrar a data, entre eles tem a 42ª edição da Feira Internacional do Livro de Buenos Aires, na Argentina, que comemora o dia com uma maratona de leitura dos textos do autor. Há ainda a 29ª edição da Feira Internacional do Livro de Bogotá (FILBO), que preparou uma programação especial para a ocasião. Enquanto que, no Brasil, o Instituto Cervantes realiza várias atividades gratuitas, como a Exposição Quijotes, que está em cartaz em Curitiba, e reúne diversas edições da obra-prima de Cervantes, “Dom Quixote”, além de incluir inúmeras ilustrações de artistas famosos, como Salvador Dalí.

Mas as homenagens não param por aí, pois elas também ganham as redes sociais, em especial o Twitter, onde o engenheiro espanhol, Diego Buendía, decidiu desenvolver um programa que publicava 28 tuítes por dia, na conta @QuijoteEn17000Tuits, até a madrugada do dia 22, contando toda a história de “Dom Quixote de La Mancha”, dividida em trechos de 140 caracteres.

Sobre o autor

Miguel de Cervantes / Foto:divulgação
A vida de Miguel de Cervantes Saavedra é cercada de mistérios e suposições, devido à falta de documentação da época, mas o pouco que se sabe sobre o autor já dá uma história e tanto, digna até mesmo de “Dom Quixote”.

Cervantes nasceu na pequena cidade espanhola Alcalá de Henares, que veio a ser considerada patrimônio histórico pela Unesco em 1998. Já a data de nascimento do autor é desconhecida, mas sabe-se que foi batizado em 09 de outubro de 1547, razão pela qual se supõe que tenha nascido um pouco antes, em 29 de setembro, quando é celebrada a festa do arcanjo São Miguel.

Sendo que, em 1569, ele fugiu para a Itália, segundo reza a lenda, depois de ter se envolvido em um duelo. Anos depois, em 7 de outubro de 1571, Cervantes participou da batalha naval de Lepanto contra o Império Otomano, na qual foi ferido no peito e na mão esquerda, deixando-a inutilizada, o que lhe rendeu o apelido de “El Manco de Lepanto”.

Durante seu regresso de Nápoles a Castela, em 1575, Miguel é capturado por corsários e mantido como prisioneiro em Argel, então parte do Império Otomano, até o pagamento do resgate. Cinco anos depois, em 1580, ele é libertado. Vivendo em Lisboa, Portugal, entre os anos de 1581 a 1583, onde escreveu “Para Festas Milão, Para Amores Lusitânia”. E, em 1584, finalmente retornou a Castela, na Espanha, casando-se com Catalina de Salazar em 1584, vivendo algum tempo em Esquivias, povoado de La Mancha, terra natal de sua esposa, e onde o dramaturgo passou a se dedicar ao teatro. No ano seguinte, em 1585, é lançada “A Galatea”, seu primeiro livro de ficção.

Encarcerado, em 1597, o autor começou a escrever o que seria conhecido como sua obra-prima “O Engenhoso Fidalgo Dom Quixote de La Mancha”, uma parodia aos romances de cavalaria populares na época, que seria lançado em duas partes, em 1605 e 1615. Sendo considerado o primeiro “romance moderno”.

Miguel de Cervantes morreu aos 68 anos na cidade de Madrid, na Espanha, em 22 de abril de 1616, no entanto, conforme o costume da época, sua morte teria sido registrada em 23 de abril, dia em que o autor foi enterrado. 

Agora, quatrocentos anos depois, Cervantes tem seu nome gravado na história da literatura, sendo lembrado por leitores do mundo inteiro, que continuam fascinados pelas aventuras de seu famoso personagem “Dom Quixote” e seu fiel companheiro “Sancho Panza”.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor

sábado, abril 23, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


Milhares de leitores e autores do mundo inteiro celebram hoje, 23 de abril, o “Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor”, uma data instituída pela UNESCO para promover o prazer da leitura e a proteção aos direitos autorais.


Durante todo o dia, mais de cem países comemoram a data com feiras do livro, contações de histórias, noites de autógrafos, bate-papos com autores e a tradicional troca de livros por rosas, entre muitas outras atrações. Sendo que, neste dia, também é celebrado os 400 anos da morte de dois grandes mestres da literatura, William Shakespeare e Miguel de Cervantes.

Feiras Literárias

No Brasil, por exemplo, a data é comemorada com inúmeros eventos, a começar pela 5ª edição da Bienal do Livro de Minas, que realiza hoje apresentações artísticas, oficinas, contações de histórias e encontros com renomados autores da literatura brasileira.


Enquanto que, na Argentina, as comemorações ocorrem na 42ª edição da Feira Internacional do Livro de Buenos Aires, que este ano terá a cidade espanhola Santiago de Compostela como convidada de honra, além de contar com uma programação ampla e diversificada que inclui mais de mil eventos, incluindo uma homenagem especial aos 400 anos de Cervantes e Shakespeare.

Já na 29ª Feira Internacional do Livro de Bogotá (FILBO), que este ano tem a Holanda como país homenageado, a data é celebrada com apresentações artísticas, contações de histórias, oficinas, lançamentos, debates e bate-papos com inúmeros autores, e muito mais.

World Book Night

Há também a World Book Night, uma celebração anual que tem o objetivo de promover o amor pelos livros e pela leitura, além de criar novos leitores por meio da doação de exemplares para o público, entregues por voluntários.


Em sua 6ª edição, o evento desde ano, organizado pela The Reading Agency, teve 15 livros escolhidos por um grupo independente de bibliotecários e livreiros. Sendo que, os autores dos livros renunciaram aos seus direitos e os editores concordaram em pagar os custos de produção das edições impressas.

Assim, neste sábado, milhares de pessoas saem às ruas, no Reino Unido, na Alemanha, nos Estados Unidos e na Irlanda, distribuindo mais de 250 mil livros aos membros de suas comunidades, compartilhando a paixão pelos livros e pela leitura, de pessoa a pessoa.

Nesta edição, o World Book Night também irá prestar sua homenagem ao aniversário do escritor e dramaturgo britânico William Shakespeare, e aos 400 anos de sua morte, com um evento de gala na British Library, que contará com a presença de autores e atores, que celebram os temas e a linguagem de Shakespeare, lendo seus textos preferidos, fazendo conexões criativas entre os livros da lista e as peças do autor.

Saiba mais sobre o Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor neste post.

Um feliz Dia Mundial do Livro a todos os leitores! J

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Feira Internacional do Livro de Buenos Aires 2016

sexta-feira, abril 22, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


Já começou um dos eventos literários mais importantes da América Latina, a Feira Internacional do Livro de Buenos Aires, que este ano terá a cidade espanhola Santiago de Compostela como convidada de honra.


Em sua 42ª edição, o evento irá reunir mais de 12 mil profissionais do livro e milhares de leitores do mundo inteiro entre os dias 21 de abril a 9 de maio na cidade de Buenos Aires, na Argentina. Além de também prestar sua homenagem aos 400 anos da morte dos renomados autores Miguel de Cervantes Saavedra e William Shakespeare.

Convidados

A feira contará ainda com a participação de inúmeros convidados internacionais, como o autor e jornalista peruano Mario Vargas Llosa e o escritor sul-africano John M. Coetzee, ambos prestigiados com o Nobel de Literatura, em 2010 e 2003, respectivamente. Sendo que, também estarão presentes no evento o escritor americano Rick Yancey, criador da série bestseller “A 5ª Onda”, o autor finlandês da literatura infantojuvenil, Timo Parvela, o escritor e músico italiano Leonardo Patrignani e o poeta e ensaísta espanhol Vicente Cervera Salinas.

Além do escritor e jornalista Luiz Ruffato (Brasil), da poeta, professora e dramaturga Piedad Bonnett (Colômbia), da jornalista e autora Julia Navarro (Espanha), do escritor, jornalista e cineasta Alberto Fuguet (Chile), do jornalista, escritor e roteirista Antonio Ortuño (México), do escritor e jornalista Jaime Bayly (Peru). Assim como o escritor, crítico literário e roteirista, Alan Pauls (Argentina), ganhador do Premio Herralde 2003, e o escritor Paolo Giordano (Itália), vencedor do Prêmio Strega 2008, e muitos outros.

Já entre os autores da cidade convidada deste ano estarão presentes o escritor, poeta, ensaísta e jornalista Manuel Rivas, a jornalista e autora Maria Solar, e o historiador e escritor Ramón Villares, e mais de 25 outros autores, editores e personalidades que compõem a delegação de Santiago de Compostela, que contará com um pavilhão especial de 200 metros quadrados na feira do livro.

Programação

Durante os três primeiros dias, de 19 a 21 de abril, a feira foi dedicada exclusivamente aos profissionais do mercado editorial e da educação, que se reuniram para fazer negócios e participar de seminários. Sendo que na quinta-feira, às 18h, o evento foi aberto ao público. E como acontece todos os anos, a cerimônia de abertura teve inicio com o tradicional discurso de um proeminente escritor argentino, que nesta edição foi o renomado autor, tradutor e editor, Alberto Manguel.

Logo depois, a feira foi aberta ao público tornando-se uma verdadeira cidade do livro, com aproximadamente 45.500 metros quadrados de exposição e cerca de 1.500 expositores de mais de quarenta países. Assim, durante dezenove dias, incluindo os feriados, a feira do livro de Buenos Aires exibe um calendário extenso de mais de mil eventos, como palestras, exposições, lançamentos de livros, cursos, sessões de autógrafos, mesas redondas, homenagens, celebrações, e muito mais.

Como o XI Festival Internacional de Poesia, que irá prestar uma homenagem ao poeta nicaragüense Rubén Darío, e contará com a participação dos poetas Valter Hugo Mãe (Portugal), Juan Manuel Roca (Colômbia), Lydia Daher (Alemanha) e Oscar Hahn (Chile), entre outros. Há também a já tradicional “Jornada Microficción”, a primeira edição do “Encuentro Internacional de Booktubers”, o “Diálogo de Provincias”, e o “Encuentro Internacional de Narración Oral”. Sem falar, que, no dia 22 de abril, a feira do livro realiza uma homenagem especial a premiada autora e jornalista Clarice Lispector, além de promover o Dia Brasil, no evento.

Sendo que, um dos destaques deste ano será a quinta edição do “Diálogo de Escritores Latinoamericanos”, no qual autores de todo o continente se reúnem, entre os dias 30 de abril a 03 de maio, para compartilhar opiniões, discutir problemas literários comuns e, acima de tudo, estimular a leitura. Assim, durante quatro dias inúmeros convidados internacionais como o romancista Carlos Franz (Chile), o escritor, professor e político Sergio Ramirez (Nicarágua), o autor, poeta, tradutor, colunista e blogger Andrés Neuman (Espanha-Argentina) e o autor e poeta Pablo Montoya (Colômbia), irão refletir com seus leitores sobre a literatura, seus desafios e possibilidades.

A feira do livro contará ainda com a “Maratón de la Lectura”, na qual inúmeras artistas, autores e personalidades dos meios de comunicação irão ler fragmentos de peças e poemas do escritor e dramaturgo britânico Willian Shakespeare, em uma homenagem ao aniversário do consagrado autor e aos 400 anos de sua morte. Enquanto que no “Encuentro Internacional”, especialistas nacionais e internacionais se reúnem no evento “Un Borges para el Siglo XXI”, em homenagem ao 30º aniversário da morte do renomado escritor argentino Jorge Luis Borges.

Já a Educação também terá um destaque especial nesta edição, que contará com três eventos dedicados aos educadores, como a 25ª Conferência Internacional de Educação, o 18º Congresso Internacional de Promoção da Leitura e do Livro, e o 16º Fórum Internacional de Ciência e Tecnologia de Ensino.

Para aqueles que não poderem comparecer a Feira do Livro, o evento será transmitido em tempo real pelo streaming do seu site oficial. Sendo que também é possível acompanhar a cobertura pelo YouTube, Twitter e Facebook.

Confira a programação completa da Feira do Livro no seu site oficial.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Persuasão ganha edição bolso de luxo

quarta-feira, abril 20, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Zahar lança, oficialmente, hoje a edição bolso de luxo do clássico romance “Persuasão” da consagrada autora britânica Jane Austen.


O último romance de Jane Austen, publicado originalmente em 1818, após a morte da autora, retorna às livrarias como parte da coleção “Clássicos Zahar”, que conta com 368 páginas, nas quais é narrada a comovente história de amor entre a jovem Anne Elliot e o Capitão Frederick Wentworth.

A história

Ambientada na Inglaterra rural do século XIX, a história gira em torno da filha de um vaidoso e esnobe baronete, Anne Elliot, que se apaixona por Frederick Wentworth, um jovem ambicioso e inteligente, mas sem conexões familiares importantes.

Razão pela qual, Anne é obrigada por sua família, a sacrificar seu grande amor por conveniências sociais, mas, ao fazê-lo, ela fecha-se para novos relacionamentos, recusando inclusive uma proposta de casamento. Até que, oito anos depois, Frederick, agora mais velho e rico, ressurge, abalando a ordem estabelecida e a paz familiar.

Considerado uma das obras-primas da autora, “Persuasão” (Persuasion) foi traduzida para os mais diversos idiomas, inspirou inúmeros autores, além de várias adaptações tanto para as telas do cinema e da TV quanto para os palcos do teatro.

Já essa edição, além do tamanho pocket, traz a versão definitiva do romance, conforme revisto pela autora, com cuidadosa tradução de Fernanda Abreu, além de uma breve apresentação. Sendo que a versão impressa apresenta uma belíssima edição em capa dura e acabamento de luxo. No entanto, diferente da edição comentada também lançada pela editora Zahar, esse volume não possui as novelas “Jack e Alice” e “Lady Susan”.

Saiba mais sobre a obra no site oficial da editora Zahar.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Feira Internacional do Livro de Bogotá 2016

terça-feira, abril 19, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


Tem inicio hoje um dos eventos literários mais importantes da Colômbia, a Feira Internacional do Livro de Bogotá (FILBO), que este ano terá a Holanda como país homenageado.


Em sua 29ª edição, o evento, que acontece até o dia 2 de maio, no Centro de Convenções Corferias, também irá prestar sua homenagem ao 100º aniversário do escritor inglês Roald Dahl, e aos 400 anos de morte dos grandes mestres da literatura, William Shakespeare e Miguel de Cervantes.

Programação

Com o objetivo de promover a literatura e a indústria editorial, a FILBO é um evento criado, especialmente, para os profissionais do mercado editorial, no qual o público também é bem-vindo. Assim, durante 14 dias, o evento contará com uma programação cultural variada e dinâmica, que promete agradar a todos os públicos, promovendo debates e bate-papos sobre os mais diversos temas, como a literatura, a poesia, a música, a gastronomia, o jornalismo, os direitos autorais, a paz, a história, a política, a literatura de viagem, e muito mais.

Dado o momento histórico pelo qual a Colômbia está passando, a Feira do Livro decidiu criar este ano um espaço para as negociações de paz, no qual renomados pensadores poderão imaginar um país que pode começar a se entender, antes de uma guerra, por meio de pequenos atos de reconciliação. Assim, a FILBO irá realizar inúmeros eventos, debates, encontros e bate-papos sobre os efeitos da guerra e a paz.

A começar pelo fórum “Conversaciones que le cambiarán la vida”, no qual personalidades de todo o mundo, como a professora e ativista americana Jody Williams, premiada com o Nobel da Paz em 1997, e a autora e jornalista bielorrusa Svetlana Alexiévich, vencedora do Prêmio Nobel de Literatura 2015, se reúnem para discutir o tema “Fin y Principio”, inspirado no poema da escritora polonesa Wislawa Szymborska (1923-2012), agraciada com o Prêmio Nobel de Literatura em 1996.

Sendo que, nos dias 21 a 23 de abril, a feira também contará com a 8ª edição do “Encuentro Internacional de Periodismo”, no qual renomados jornalistas e fotógrafos de vários países irão discutir temas como a reinvenção dos formatos tradicionais da mídia, os refugiados e as catástrofes humanas, além de debater sobre o direito a intimidade e o direito a informação, e muitos outros assuntos. Já o país convidado desta edição, a Holanda, levará a FILBO a exposição itinerante “Que me dejen ser yo misma”, que recorda a vida da jovem Anne Frank.

Há ainda a primeira edição do “Salão de Direitos”, um espaço de encontros e intercâmbios comerciais para a compra e venda de direitos na America Latina, que acontece entre os dias 25 a 27 de abril. Assim como o espaço “Libros para Comer”, dedicado aos amantes dos livros e da cozinha, que terão a oportunidade de ver Chefs e autores apresentarem suas obras com demonstrações culinárias no formato de uma masterclass.

Tem também a 6ª edição do “Congreso Internacional de Ilustración” (Fig.06), que entre os dias 28 a 30 de abril, irá realizar inúmeras exposições, conferências, bate-papos e encontros com alguns dos mais talentosos ilustradores de vários países, entre eles Philip Hopman (Holanda), James Paick (EUA), Catalina Ruíz (Colômbia), Julien Pacaud (França), Roger Ycaza (Equador), e outros.

Sem falar no “¡Qué Viva La Música!”, um novo espaço que contará com diversos concertos seguidos por bate-papos com famosas personalidades do mundo da música e das letras, como o cantor e compositor mexicano Fernando Del Castillo. Além de realizar uma homenagem especial a um dos grandes compositores da música vallenata, o maestro colombiano Rafael Escalona (1927-2009).

A feira do livro conta também com uma programação especial dedicada ao público infantil e juvenil, com direito a oficinas, apresentações teatrais, salas de leitura e encontros com músicos, educadores, autores e ilustradores da literatura infantojuvenil, como o escritor e músico italiano Leonardo Patrignami, a escritora, professora e jornalista brasileira Ana Maria Machado, a autora e ilustradora alemã Jutta Bauer, a teóloga, jornalista e autora holandesa Janny Van Der Molen, entre muitos outros.

Convidados

O evento contará ainda com a participação de cerca de 450 expositores de diversos países, além de mais de 200 autores, editores, jornalistas, ilustradores, poetas, músicos e dramaturgos nacionais e internacionais.

Entre eles o premiado escritor português, nascido em Angola, Valter Hugo Mãe, o ensaísta, sociólogo e professor holandês Abram de Swaan, o autor venezuelano Alberto Barrera Tyszka, vencedor do Premio Tusquets de Novela 2015, e o jornalista, escritor e colunista colombiano Daniel Samper Pizano, membro da Academia Colombiana de la Lengua.

Além do premiado escritor e tradutor argentino César Aira, da poetisa, ensaísta e jornalista do Equador, Aleyda Quevedo Rojas, do romancista, contista, poeta e dramaturgo cubano Abilio Estévez, da blogueira e booktuber colombiana Juliana Zapata, da Chef mexicana Paulina Abascal, do escritor americano Justin Torres, e dos famosos ilustradores Vladdo (Colombia), Roger Mello (Brasil), e Rodrigo Elgueta (Chile).

Assim como os autores Édouard Louis (França), Kamila Shamsie (Paquistão), João de Melo (Portugal), Marina Colasanti (Brasil), Radka Denemarková (República Checa), Laura Restrepo (Colômbia), Antonio Malpica (México), Elizabeth Eulberg (EUA), Nanette Blitz (Holanda), Magela Baudoin (Bolívia), e muitos outros.

Confira a programação completa da FILBO no seu site oficial.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Editora Rocco lança Vocação para o Mal

segunda-feira, abril 18, 2016 Iuçara Soares 2 Comentários


A editora Rocco lança, oficialmente, hoje o terceiro romance policial do detetive Cormoran Strike, escrito por Robert Galbraith, pseudônimo da famosa autora britânica J. K. Rowling.


“Vocação para o Mal” (Career of Evil), publicado originalmente em outubro de 2015, é lançado no Brasil nas versões brochura e capa dura, ambas com tradução de Ryta Vinagre e 496 páginas, nas quais é narrada uma emocionante história repleta de suspense, mistério, e surpreendentes reviravoltas. Sendo que, a obra terá a mesma arte de capa da edição britânica.

A história

Quando um misterioso pacote é entregue a Robin Ellacott, ela fica horrorizada ao descobrir que ele contém a perna decepada de uma mulher. No entanto, seu chefe, o detetive particular Cormoran Strike, fica menos surpreso, mas não menos alarmado, pois sabe que há apenas quatro pessoas de seu passado capazes de cometer tal crime brutal.

Mas quando a polícia decide focar no suspeito que Strike tem cada vez mais certeza de que não é o autor do crime, ele e Robin são obrigados a mergulhar no mundo sombrio e deturpado dos outros três suspeitos, numa corrida contra o tempo para desvendar mais esse mistério. 

Aclamada pela crítica, a série do detetive particular Cormoran Strike e sua assistente Robin Ellacott, que marcou em grande estilo a entrada de J. K. Rowling no universo da literatura de mistério e suspense é composta, até o momento, de três livros “O Chamado do Cuco” (2013), “O Bicho-da-Seda” (2014) e “Vocação para o Mal” (2015), todos publicados no Brasil pela editora Rocco.

Saiba mais sobre o livro no site oficial da editora Rocco.

2 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Hoje é o Dia Nacional do Livro Infantil

segunda-feira, abril 18, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


O país comemora hoje o Dia Nacional do Livro Infantil, em homenagem ao aniversário do escritor, contista, ensaísta, tradutor, editor e jornalista Monteiro Lobato.


“Ainda acabo fazendo livros onde as nossas crianças possam morar” – Monteiro Lobato

Um dos grandes nomes da literatura brasileira, nascido na cidade de Taubaté, interior de São Paulo, José Bento Renato Monteiro Lobato (1882-1948) é autor de histórias e personagens inesquecíveis, que até hoje encantam crianças e adultos, como a série “Sítio do Pica-Pau Amarelo” e o personagem Jeca Tatu.

Considerado o precursor da literatura infantil no Brasil, o escritor, provocou uma verdadeira revolução na indústria literária da época com suas obras inovadoras, que despertam o imaginário e ensinam lições valiosas as crianças.  Sendo que, Lobato também traduziu e adaptou inúmeros clássicos da literatura, entre eles “Contos de Grimm”, “Alice no País das Maravilhas”, “Robin Hood”, e muitos outros.

No entanto, embora mais conhecido por suas obras infantis, que misturam de forma cativante o folclore brasileiro com a mitologia grega, os quadrinhos e o cinema, Monteiro Lobato também é autor de inúmeros contos, crônicas, artigos, críticas literárias, um romance, e até mesmo uma autobiografia. Além ser responsável pela tradução das obras de grandes nomes da literatura mundial, como Arthur Conan Doyle e Jack London.

Eventos especiais

Assim, para celebrar a data inúmeros eventos serão realizados em diversas partes do país, a começar pela cidade mineira de Belo Horizonte, que além da 5ª edição da Bienal do Livro de Minas, contará com um Piquenique Literário, no Parklet da Antônio de Albuquerque, no Savassi.

Já na cidade de Cuiabá, em Mato Grosso, várias atividades serão realizadas, entre os dias 18 a 20 de abril, na Praça Alencastro, entre elas a exposição de livros, que serão espalhados e pendurados nas árvores. Enquanto que na cidade pernambucana de Recife, o dia é comemorado com a ação “Compartilhando Histórias”, que promove a doação de livros.

Feliz Dia Nacional do Livro Infantil, leitores! J

Saiba mais sobre a vida e obra de Monteiro Lobato no L&PM Blog ou no site Terra.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Citação do Dia #23

segunda-feira, abril 18, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


"Quem escreve um livro cria um castelo, quem o lê mora nele." - Monteiro Lobato

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Editora Arqueiro lança novo livro de Nicholas Sparks

sexta-feira, abril 15, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Arqueiro lança, oficialmente, hoje o mais novo romance do autor best-seller americano Nicholas Sparks.


“No Seu Olhar” (See Me), publicado originalmente em 13 de outubro de 2015 nos EUA, conta com tradução de Alves Calado e 432 páginas, nas quais é narrada a história de Maria e Colin, cujo um inesperado encontro durante uma tempestade muda completamente o rumo de suas vidas.

“Nicholas Sparks nos leva a uma montanha-russa de emoções, que vai de uma história de amor sensível e tocante à adrenalina de um thriller policial.” – The Salt Lake Tribune

A história

Maria Sanchez é uma advogada inteligente, bonita e bem-sucedida que aprendeu cedo o valor do trabalho duro. Porém um trauma a faz questionar tudo em que acredita e voltar para sua cidade natal, a pequena Wilmington. 

A mesma cidade em que Colin Hancock escolhe para se dar uma segunda chance. Apesar de jovem, ele conheceu mais violência que a maioria das pessoas, e também cometeu muitos erros. Mas está determinado a mudar de vida. 

Colin e Maria não foram feitos um para o outro, mas ao confrontar suas diferenças, eles irão questionar as próprias convicções, e ao enxergar além das aparências, irão redescobrir a capacidade de amar. Porém, nessa frágil busca por um recomeço, o relacionamento deles é ameaçado por uma série de incidentes suspeitos que reaviva antigos traumas.

Com uma história comovente, personagens cativantes e uma trama repleta de emoções e de suspense, o mais novo livro de Nicholas Sparks, mostra que o amor às vezes é forjado em crises que ameaçam nos destruir, e que o primeiro passo para a felicidade é acreditar em quem podemos ser.

Saiba mais sobre o livro no site oficial da editora Arqueiro.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!