Castle

sexta-feira, junho 22, 2012 Iuçara Soares 0 Comentários


Mistério, romance e muito bom humor são os elementos que compõe a série de TV “Castle”.  Criada por Andrew W. Marlowe e produzida pela rede americana ABC, a série policial, que teve sua estréia em 2009, foi recentemente renovada para sua 5ª temporada.


A história

    Richard Castle (Nathan Fillion) é um bem sucedido escritor de histórias policiais, que acabou de matar seu personagem principal. Mas parece que um de seus fãs gostou um pouco demais de sua obra, pois começou a cometer assassinatos exatamente como descritos nela. 
    Sofrendo de um bloqueio de escritor, Castle considera esta uma excelente oportunidade para encontrar uma nova inspiração para o seu próximo best seller. Assim, ele se une a detetive Kate Beckett (Stana Katic) para resolver este mistério.
    Quando o crime é finalmente solucionado, Castle faz um trato com o seu bom amigo, o prefeito, para continuar ajudando nos casos da Divisão de Homicídios de Nova York, como uma forma de pesquisa para o seu novo livro, cuja personagem principal é inspirada em ninguém menos do que a detetive Kate Beckett.
    Logo os dois se tornam parceiros, a contra gosto dela, e passam a investigar juntos inúmeros assassinatos, ao lado dos detetives Javier Esposito (Jon Huertas) e Kevin Ryan (Seamus Dever), assim como da médica legista Lanie Parish (Tamala Jones).
    Além de desvendar crimes e escrever best sellers, Castle também tem que cuidar de sua família composta pela mãe, Martha Rodgers (Susan Sullivan), uma ex-diva da Broadway, e pela bem comportada filha, Alexis (Molly Quinn).

Um fato interessante da série é que de vez em quando Richard Castle se reúne com seus amigos escritores para jogar poker e conversar sobre seus livros. No entanto estes amigos são autores reais de renomados best-sellers, como James Patterson, Steven J. Cannell, Dennis Lehane e outros.

foto: divulgação
Além disso, exageros a parte, a série também mostra os detalhes da vida como escritor, seu trabalho e a meticulosa pesquisa que é necessário para se desenvolver uma história, sem falar nos famosos e incovenientes bloqueios literários.

Heat Wave

É comum muitas séries de TV serem baseadas em sagas literárias, mas há também aquelas raras exceções, em que são escritos obras inspiradas em séries, como o caso de Castle. 

Assim, das telas para as páginas dos livros temos um dos mais novos romances de Richard Castle, “Heat Wave”.

Durante toda a primeira temporada, o autor escreve um livro policial baseado nos crimes que investigou, tendo como protagonista a detetive da Homicídios de Nova York, Nikki Heat, inspirada em Kate Beckett. 

Numa inusitada forma de marketing para a série, a rede ABC lançou o livro nas bancas como se tivesse sido realmente escrito pelo personagem Richard Castle, contendo até a biografia dele nas costas do livro, sem falar nos agradecimentos a policia de NY.

Publicado pela editora americana Hyperion Books, o livro de 198 páginas, escrito por um ghostwriter, é exatamente como descrito na série, com a dedicatória, a foto de Castle na contra capa e até mesmo a tão mencionada página 105.

Livro x Série

No entanto, embora baseado na série, “Heat Wave” é um pouco diferente, a começar por alguns detalhes dos personagens, como nomes, traços de personalidade e até mesmo a ocupação. 

Por exemplo, no livro a detetive Nikki Heat é acompanhada pelo jornalista James Rook, que está escrevendo uma matéria sobre a polícia de Nova York.

foto: divulgação
Outro detalhe, que deve agradar aos fãs de Castle e Beckett, é que na obra Rook e Nikki acabam iniciando um romance durante as investigações. O que até agora ainda não aconteceu de fato na série, apesar de todas as indiretas, olhares e flertes. Mas a quinta temporada parece prometer uma reviravolta nesta situação.

O mais surpreendente é que a peça publicitária não apenas foi bem sucedida entre os fãs como acabou entrando para a lista de Best Sellers do New York Times. O romance foi publicado em setembro de 2009, estreando na 26ª posição da lista e em sua quarta semana, “Heat Wave” invadiu o top 10 na posição número 6. 

Mais livros...

Assim a ABC passou a publicar um livro para cada temporada da série, já são 4 até agora. Sendo eles, além de “Heat Wave”, “Naked Heat” escrito na segunda temporada e lançado em setembro de 2010, tendo estreado em 7º lugar na lista de Best Sellers do New York Times.


Já o terceiro romance intitulado “Heat Rises” foi lançado em setembro de 2011 e estreou como o número 1 na lista de Best Sellers do New York Times. O quarto livro “Frozen Heat” está previsto para ser lançado em 11 de setembro de 2012. 

Além dos romances inspirados na série, a ABC também decidiu lançar uma série de livros digitais (e-books) baseados no personagem da obra anterior de Castle, o agente especial Derrick Storm.


O primeiro livro “A Brewing Storm” foi lançado em mídia digital em maio de 2012, e estreou em 13º lugar na lista dos mais vendidos da categoria de ficção do New York Times E-Book. Já o segundo romance da série intitulado “Raging Storm” está previsto para ser lançado em 03 de julho deste ano.

A rede ABC também criou uma graphic novel baseada no personagem, a “Deadly Storm – A Derrick Storm Mystery” que foi publicada pela Marvel Comics em setembro de 2011 e estreou em 3º lugar na lista do New York Times


Ao que tudo indica os livros não apenas são uma ótima ferramenta publicitária para a série como também provaram ser bons romances policiais, mesmo para aqueles que nunca assistiram a série de TV. Fazendo de Richard Castle um verdadeiro autor de best sellers.

Infelizmente, os livros ainda não foram traduzidos para o português, mas as versões em inglês estão à venda em várias livrarias pelo país. Além disso, a rede ABC liberou os primeiros capítulos (em inglês) de cada livro em seu site oficial, como um tipo de ferramenta promocional.

Curiosamente, a ABC também criou um site oficial para o autor Richard Castle, no qual ele fala um pouco sobre seus livros best sellers e sobre a vida de escritor.

Confira o trailer da série (legendado):

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Tem início o Salão do Livro Vale do Aço

terça-feira, junho 19, 2012 Iuçara Soares 0 Comentários


Atenção fãs literários do Vale do Aço, tem início hoje a 6ª edição do Salão do Livro, que tem como objetivo incentivar o hábito da leitura, contribuindo para a aproximação de crianças, jovens e adultos com o mundo literário.


O evento, que já faz parte do calendário cultural da região, ocorre dos dias 19 a 24 de junho no Centro Cultural Usiminas, no Shopping Vale do Aço em Ipatinga, que se tornará palco para noites de autógrafos, feira de livros, espetáculos, exposições, narrações de histórias, oficinas, e muitas outras atrações.

Em meio as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho, o Salão do Livro, deste ano, pretende destacar a relação entre Literatura e Ecologia. Para isso foi criado o “Salão Verde”, no qual serão realizadas palestras, oficinas e exposições temáticas.

Além de promover inúmeras atrações e incentivar novos leitores, com a distribuição de vale-livros em escolas públicas da região, o Salão do Livro também promove a capacitação de professores, agentes culturais e bibliotecários para trabalhar com o livro e a leitura.

Programação

Nesta sexta edição o evento contará, mais uma vez, com a parceria do Museu dos Brinquedos de Belo Horizonte, responsável pela Brinquedoteca, onde serão realizadas diversas atividades com brincadeiras pedagógicas e oficinas.

O Salão do Livro também contará a parceria da Fundação Clóvis Salgado, que participará do Cineminha Literário com a exibição de filmes que fazem parte do acervo do Festival Internacional de Curtas Metragens. Além de realizar no fim de semana a oficina “Cineminha Especial”. 

O evento também realizou uma parceria com o Sempre um Papo, que terá a participação de importantes escritores da atualidade, como Fernanda Takai, Márcia Tiburi, Juan Pablo Villalobos, Carlos Herculano e Luis Giffoni. Sem falar na exibição do longa “Lixo Extraordinário”, seguido de bate-papo com o diretor João Jardim.

O 6º Salão do Livro Vale do Aço é uma realização da produtora cultural Paralelo3 Projetos Especiais em parceria com o Instituto Cultural Usiminas, com patrocínio da Usiminas e incentivo da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Estado de Minas Gerais.

Divirtam-se leitores do Vale do Aço!

Saiba mais sobre o evento no site oficial do Salão do Livro.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Exposição em Londres reúne obras de autores renomados

segunda-feira, junho 18, 2012 Iuçara Soares 2 Comentários ,


A Biblioteca Britânica reuniu manuscritos originais de uma série de autores para a exposição “Writing Britain Wastelands to Wonderlands”, que explora a influência das paisagens do Reino Unido sobre a literatura do país, por meio de cartas, mapas, poemas, manuscritos e desenhos.


Dentre as obras expostas está o manuscrito original do primeiro volume da saga “Harry Potter” da escritora britânica J.K. Rowling, além do manuscrito de “O Estranho Caso do Doutor Jekyll e Mr Hyde” de Robert Louis Stevenson. 

Assim como um desenho feito pelo autor J.R.R. Tolkien para a obra “O Hobbit”, e uma cópia do poema “Sir Gawain e o Cavaleiro Verde”, que data do século XIV. Também será exposto o texto original da canção do ex-Beattle John Lennon, “In My Life”.

A exposição acontece até o dia 25 de setembro na Biblioteca Britânica, que curiosamente se encontra bem próxima a estação londrina de King’s Cross, descrita no livro “Harry Potter e a Pedra Filosofal” como o local de onde parte o “Expresso de Hogwarts”.

Para aqueles que não puderem ir a Londres é possível conferir algumas imagens da exposição na página da Biblioteca Britânica no Facebook.

2 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

A Evolução do Livro

segunda-feira, junho 11, 2012 Iuçara Soares 0 Comentários ,


Douglas Adams
Um concurso internacional, promovido pela The Literary Platform, convidou artistas do mundo inteiro para produzir uma animação que ilustrasse uma gravação de áudio, considerada rara e profética, feita por Douglas Adams.

Autor da mundialmente famosa série “O Guia do Mochileiro das Galáxias”, Adams gravou, em 1993, um breve trecho de áudio para a editora americana Voyager Expanded Books de Bob Stein, na qual ele falava sobre a evolução do livro.

Na gravação, o escritor mencionava o inicio da escrita nas rochas, depois nos pergaminhos e por fim a criação do livro encadernado. Curiosamente, ele também descrevia a criação de uma ferramenta totalmente nova de leitura, o iPad. Mais de vinte anos depois, as palavras de Adams mostraram ser bem precisas em relação a evolução do livro, além de soarem quase como proféticas para muitos, em especial seus fãs.

O Júri

Os vídeos foram julgados pelo ator, escritor e apresentador Stephen Fry, que era também um amigo próximo e colega de Douglas Adams. Assim como Bob Stein (SocialBook, Inc), que publicou em 1992, os três primeiros títulos da série de livros “Voyager Expanded”, da qual fazia parte a trilogia “O Guia do Mochileiro das Galáxias” de Douglas Adams. Além de Dhaliwal Ranjit, editor de imagens do famoso site de notícias, The Guardian, e os designers Merlin Nation e Chris Angelkov (ATYP).

Assim, no dia 25 de maio, no qual é celebrado o Dia da Toalha, a comissão julgadora anunciou o vencedor do concurso, a animadora autodidata de Oregon, EUA, Eleanor Stokes



Também foram selecionados três vice-campeões, sendo eles Andy Little (Reino Unido), estudante de Ilustração e Animação da universidade de Cambridge School of Art, além de Mike Belgrave (Reino Unido), comediante stand up, animador, musicólogo e diretor de vídeo. Assim como o designer e ilustrador Gavin Edwards (Reino Unido).




The Literary Platform

The Literary Platform, ou na tradução a Plataforma Literária, fundada em 2009 por Sophie Rochester, é uma agência especializada, além de um recurso online dedicado a projetos que envolvem a Literatura e a Tecnologia. 

A Plataforma também oferece serviços de consultoria para editoras, organizações literárias, autores, start-ups, desenvolvedores e setores acadêmicos. Sua equipe editorial baseia-se na Europa (Londres e Genebra), mas abrangem projetos no mundo inteiro.


Saiba mais sobre a competição no site oficial da Plataforma.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

J.K. Rowling recebe prêmio literário em Londres

segunda-feira, junho 04, 2012 Iuçara Soares 2 Comentários ,



A autora britânica J.K. Rowling foi premiada no mês de maio com o título “Freeman of City of London”, o prêmio máximo entregue pelas autoridades do centro financeiro da capital britânica.

foto: divulgação
Rowling, que se tornou conhecida mundialmente como autora da série literária “Harry Potter”, foi escolhida pelo júri devido aos “serviços prestados à literatura infantil e juvenil”. Os livros da escritora contando a saga do jovem bruxo venderam mais de 450 milhões de cópias, sendo traduzidos em 74 idiomas. Sem falar no sucesso de bilheteria das adaptações cinematográficas das obras. 

O prêmio

A cerimônia de entrega do título foi celebrada na Mansion House da capital britânica, na qual Rowling recebeu um pergaminho emoldurado que certifica sua condição de “Freeman of City of Londres”Além do prêmio, a escritora também recebeu certos privilégios bem inusitados, como o direito de passear com uma ovelha pela ponte de Londres, portar uma espada pela cidade ou até mesmo ser conduzida até sua casa pela Polícia, caso seja encontrada bêbada pelas ruas.

“Estou muito orgulhosa de ter recebido o prêmio. Acima de todas suas vantagens e apesar de muita  gente não saber, este título me permitirá tomar uma pinta de graça no Caldeirão Jorrante ou gastar um cheque de dez galeões no Beco Diagonal”, disse Rowling em seu discurso durante a entrega do prêmio.

“Freeman of City of London”

Uma das mais antigas e tradicionais cerimônias britânicas, o “Freeman of City of London” ou na tradução “Cidadão Livre da Cidade de Londres”, existe há mais de 775 anos. Sendo que muitos acreditam que o título foi outorgado pela primeira vez em 1237.

Na época medieval, o prêmio era oferecido, na maioria, há pessoas comuns, que passavam a exercer os mesmos privilégios dos senhores feudais, como o direito de ganhar dinheiro e possuir terras. O que explica as estranhas regalias que os premiados passam a adquirir junto com o título. 

Dentre alguns dos homenageados estão personalidades renomadas como a rainha Elizabeth II, a princesa Diana, o ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill, o prêmio Nobel da Paz Nelson Mandela e os ex-presidentes norte-americanos Dwight Eisenhower e Theodore Roosevelt.

2 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Branca de Neve e o Caçador

sábado, junho 02, 2012 Iuçara Soares 0 Comentários


Inspirado em um dos mais famosos contos de fadas, o filme “Branca de Neve e o Caçador” teve sua tão aguardada estréia nas telas do cinema nessa sexta-feira, 1º de junho. 

Dirigido por Rupert Sanders, o longa metragem é uma versão bem diferente da história original, sendo ainda mais sombria e violenta do que no clássico escrito pelos irmãos Grimm no século XVIII.


Era uma vez...

    Uma jovem com cabelos negros como a noite, pele branca como a neve e lábios vermelhos como o sangue, destinada a ser a mais bela de todas. Mas o que poderia ser considerado como uma benção acaba se tornando uma maldição, pois a beleza de Branca de Neve (Kristen Stewart) desperta a irá de sua madrasta, a rainha Ravenna (Charlize Theron).
     Decidida a destruir sua enteada, a rainha má ordena a sua morte, mas Branca de Neve consegue escapar do castelo se refugiando na Floresta Negra, onde nenhum homem se atreve a entrar.
     Assim Ravenna envia o caçador Eric (Chris Hemsworth) para capturar a princesa.  No entanto, quando descobre as verdadeiras intenções da rainha, o caçador não apenas decide ajudar Branca de Neve a escapar como também a tomar de volta seu reino.
    Para isso ambos contaram com a ajuda do jovem Duque William (Sam Claflin) que há muito tempo é encantado pela rebeldia e pureza de Branca de Neve. Além é claro dos anões que acompanham os heróis em sua jornada.

Produção

Ao longo dos anos foram criadas diversas adaptações do conto “Branca de Neve e os sete anões”, tanto para o cinema quanto para a TV, incluindo o consagrado desenho da Disney.


Assim, em sua estréia nos filmes de longa metragem, coube ao aclamado diretor de comerciais e visualista de última geração, Rupert Sanders assumir o desafio de criar algo novo e impactante, que surpreendesse o público.

Para isso, Sanders contou com a colaboração do mesmo produtor do sucesso de bilheteria “Alice no País das Maravilhas”, Joe Roth. Além do renomado produtor Sam Mercer (O Sexto Sentido). 

O que explica a semelhança entre os cenários de “Alice no País das Maravilhas” e do longa, como, por exemplo, na Floresta Negra e no Lar das Fadas.

Já o elenco do filme é composto por atores famosos como a vencedora do Oscar Charlize Theron (Prometheus) e o ator Chris Hemsworth (Thor, e Os Vingadores). Além da atriz Kristen Stewart (saga Crepúsculo, On the Road) e do ator Sam Claflin (Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas).

Devido à participação de Kristen Stewart há inúmeros rumores de que o filme seja parecido com a saga crepúsculo, mas embora tenham sido interpretadas pela mesma atriz é pouco provável que as histórias de Bella e da Branca de Neve tenham algo em comum.

Com cenas de ação de tirar o fôlego, efeitos especiais incríveis e um belíssimo figurino, o filme épico de aventura conta ainda a trilha sonora do premiado e renomado compositor James Newton Howard.

Conto x Filme

Embora a história seja inspirada no conto dos irmãos Grimm, o filme não deve ser considerado um releitura do clássico, pois há vários aspectos na trama que não fazem parte da história original.

Basicamente os ícones estão todos lá, no entanto são apresentados ao público de forma bem diferente. Como a Branca de Neve, que ao invés de uma donzela indefesa passa a ser uma jovem destemida e independente.

Há também o príncipe encantado que agora é um Duque, e ao invés de salvar a Branca de Neve, ele luta ao seu lado.  E curiosamente, os sete anões do conto de fadas, agora são oito e todos possuem nomes de imperadores romanos. 

Sendo eles César (Ian McShane), Tibério (Eddie Izzard), Constantino (Bob Hoskins), Cláudio (Toby Jones), Trajano (Ray Winstone), Adriano (Eddie Marsan) e Augusto (Nick Frost).

O caçador também passa a ter um papel maior na trama, como um homem honrado que defende e luta pela Branca de Neve. No entanto, ele não está apaixonado pela heroína, e nem tem intenções de roubá-la do príncipe encantado ou nesse caso o Duque.  

O livro

Das telas do cinema para as páginas dos livros, surge a obra “Branca de Neve e o Caçador” baseada no filme de mesmo nome.

Escrito em conjunto pelos autores Lily Blake, John Lee Hancock, Hossein Amini e Evan Daugherty, também responsável pelo roteiro do longa, o livro foi lançado, no Brasil, pela editora Novo Conceito, no mesmo dia da estréia do filme nos cinemas, 1º de junho.

O romance de 230 páginas já está à venda nas livrarias com o preço sugerido de até R$ 29,90. Além disso, é também possível saber um pouco mais sobre a obra no Skoob.

Saiba mais sobre "Branca de Neve e o Caçador" no site oficial do filme.

Assista ao trailer (legendado):

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!