Citação do Dia #18

segunda-feira, fevereiro 29, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


"A maioria das pessoas perdeu a habilidade de ver o lado bom das coisas, embora a luz por trás das nuvens seja uma prova de que ele existe." - Matthew Quick (O Lado Bom da Vida)

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

A Volta de Sherlock Holmes ganha edição bolso de luxo

quinta-feira, fevereiro 25, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Zahar lança, oficialmente, hoje a edição bolso de luxo do clássico “A Volta de Sherlock Holmes”, uma coletânea de contos protagonizados pelo famoso detetive Sherlock Holmes, criado pelo autor britânico Arthur Conan Doyle.


Com 456 páginas e 50 ilustrações originais, “The Return of Sherlock Holmes”, título original da obra, mostra o retorno triunfante de Sherlock Holmes, após sua suposta morte nas mãos do professor James Moriarty, nas cataratas de Reichenbach.

Sendo que essa emocionante história é narrada em treze contos, entre eles “A Casa Vazia”, “O Construtor de Norwood”, “Os Dançarinos”, “O Ciclista Solitário”, “A Escola do Priorado”, “Black Peter”, “Charles Augustus Milverton”, “Os Seis Napoleões”, “Os Três Estudantes”, “O Pincenê de Ouro”, “O Atleta Desaparecido”, “A Granja da Abadia” e “A Segunda Mancha”. Todos, originalmente, publicados na Strand Magazine, entre outubro de 1903 e dezembro de 1904.

A Coleção

Ao todo, Arthur Conan Doyle escreveu quatro romances com o personagem, sendo eles “Um Estudo em Vermelho” (2013), “O Cão dos Baskerville” (2013), “O Signo dos Quatro” (2015) e o “Vale do Medo” (2015). Assim como 56 contos divididos em cinco livros, entre eles “As Aventuras de Sherlock Holmes” (2011), “As Memórias de Sherlock Holmes” (2014) e “A Volta de Sherlock Holmes” (2016), publicados pela Zahar.

Todos possuem texto integral com tradução de Maria Luiza X. de A. Borges e notas explicativas, além do tamanho pocket e das ilustrações originais. Sendo que a versão impressa apresenta uma belíssima edição em capa dura e acabamento de luxo.

Saiba mais sobre o livro e a coleção no site oficial da editora Zahar.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Galera Record lança terceiro volume de The 100

terça-feira, fevereiro 23, 2016 Iuçara Soares 2 Comentários


Os fãs da famosa série “The 100” já podem comemorar, pois a editora Galera Record lança, esta semana, o terceiro e último volume da saga criada pela autora americana Kass Morgan.


“De Volta” (Homecoming), publicado originalmente em 26 de fevereiro de 2015 nos EUA, conta com tradução de Rodrigo Abreu, além de 304 páginas, nas quais narra o desfecho da saga dos 100 indivíduos enviados a uma Terra pós-apocalíptica repleta de perigos, com a missão de recolonizar o planeta, antes devastado por uma guerra nuclear.

A história

Semanas depois de aterrissarem na Terra, os 100 conseguiram criar um senso de ordem, em meio aos selvagens. Até que, naves riscam o céu, e eles percebem que mais pessoas estão deixando a colônia espacial. Afinal, esse pode ser o retorno definitivo da humanidade ao planeta.
Clarke lidera uma equipe de resgate aos sobreviventes da colisão. Enquanto, Wells tem que lidar com a nova ameaça à sua liderança, pois aqueles que detinham o poder na colônia estão decididos a manter a ordem na Terra segundo suas regras. Já, Bellamy deve decidir entre enfrentar ou fugir dos crimes que pensou ter deixado para trás. Chegou à hora dos 100 se unirem e lutarem pela liberdade, em seu novo lar.

Bestseller do The New York Times, a saga de Kass Morgan é composta de três livros, “The 100” (2013), “Day 21” (2014) e “Homecoming” (2015), todos publicados no Brasil pela editora Galera Record.  Além das obras, a saga conta ainda com uma série de TV, que teve sua estreia em 19 de Março de 2014 no canal americano The CW Television Network, e exibe atualmente sua terceira temporada.

Saiba mais sobre o livro no site oficial da editora Galera Record.

2 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Citação do Dia #17

segunda-feira, fevereiro 22, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


"A única coisa que não tolera a regra da maioria é a consciência de uma pessoa."                                                                                                        - Harper Lee (O Sol é para Todos)

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Concurso Nacional de Literatura João-de-Barro

terça-feira, fevereiro 16, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


Estão abertas as inscrições para o Prêmio João-de-Barro, promovido pela Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte, com o objetivo de valorizar a Literatura para Crianças e Jovens e revelar novos talentos nacionais.


O concurso é aberto a pessoas físicas, autores brasileiros, natos ou naturalizados. Sendo dividido nas categorias, Texto Literário e Livro Ilustrado, com projeto gráfico completo. Também serão aceitas obras compostas apenas por imagens.

Para participar os interessados devem inscrever uma obra inédita, com tema livre, escrita em língua portuguesa, e destinada ao público infanto-juvenil. Sendo que em ambas as categorias, não haverá limite mínimo ou máximo de páginas.

O vencedor de cada categoria será premiado com a quantia de 50 mil reais. Além das obras vencedoras, a comissão poderá outorgar três menções honrosas em cada categoria. A premiação ainda não tem data definida.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 13 de maio de 2016, na Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte, ou enviadas pelo correio, para o seguinte endereço:

Concurso Nacional de Literatura João-de-Barro - 2015
Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte
Rua Carangola, nº 288 – Térreo – Bairro Santo Antônio
CEP: 30330-240 - Belo Horizonte/MG

Confira o regulamento completo do concurso no seu site oficial.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Editora Intrínseca lança Depois de Você

segunda-feira, fevereiro 15, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Intrínseca lança, oficialmente, hoje a tão aguardada sequência da obra “Como eu era antes de você” da autora e jornalista britânica Jojo Moyes.


Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, o bestseller “Como eu era antes de você” (Me Before You), publicado pela primeira vez em 5 de janeiro de 2012 no Reino Unido, e em abril de 2013 no Brasil pela editora Intrínseca, narra a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo desfecho deixou milhares de fãs de coração partido.

Agora, quatro anos depois, com a adaptação do livro prestes a estrear nos cinemas, Jojo Moyes decidiu responder as questões dos fãs sobre o que teria acontecido com Lou, personagem que não teve um final muito feliz no primeiro romance, lançando assim a obra “Depois de Você”.

A história

Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub. Até que, certo dia, após beber muito, acaba caindo do terraço. O acidente a obriga a voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico, que lida com a vida e a morte, e a única pessoa que parece capaz de compreendê-la.
Ao se recuperar, Lou entra para um grupo de terapia de luto, cujos membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece estar indo bem, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro incerto.

“After You”, título original da obra publicada pela primeira vez em 23 de setembro de 2015 no Reino Unido, conta com 320 páginas e tradução de Adalgisa Campos da Silva.

Saiba mais sobre o livro em seu site oficial.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Citação do Dia #16

segunda-feira, fevereiro 15, 2016 Iuçara Soares 2 Comentários


"Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível."                                                                                              - Jojo Moyes (Como eu era antes de você)

2 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Editora Seguinte lança Espada de Vidro

sexta-feira, fevereiro 12, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Seguinte, selo jovem da Companhia das Letras, lança, oficialmente, hoje o aguardado segundo volume da série “A Rainha Vermelha” de Victoria Aveyard.


“Espada de Vidro” (Glass Sword), publicada pela primeira vez em 9 de fevereiro de 2016 nos EUA, conta com tradução de Cristian Clemente e ilustração de capa de Sarah Nicole Kaufman, além de 496 páginas, nas quais é narrada a história da protagonista Mare Barrow.

A história

O sangue de Mare Barrow é vermelho, a mesma cor das pessoas comuns, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois de ter seus poderes revelados, Mare se transformou em uma arma que a corte real quer controlar.

No entanto, quando escapa do palácio, Mare descobre algo surpreendente, ela não é a única vermelha com poderes. Agora, Mare precisa encontrar outros como ela, para se juntarem na luta contra seus opressores. Mas, essa será uma jornada perigosa, na qual Mare corre o risco de se tornar o tipo de monstro que está tentando deter.

A Rainha Vermelha

Numa mistura de fantasia e ação, a série é composta, até o momento, de dois livros, entre eles o bestseller do The New York Times, “A Rainha Vermelha” (Red Queen), romance de estreia da autora e roteirista americana Victoria Aveyard, publicado pela primeira vez em 10 de fevereiro de 2015 nos EUA, e lançado no Brasil pela editora Seguinte em junho de 2015. Seguido pela obra “Espada de Vidro” (2016), já o próximo volume está previsto para ser lançado em 2017.

Além dos dois romances, a saga também conta com uma série de contos, entre eles, “Queen Song” (2015) e “Steel Scars” (2016), ambos publicados apenas em formato digital pela editora Seguinte, intitulados “Canção da Rainha” e “Cicatrizes de Aço”. Sendo que, neste ano, os dois contos integraram a coletânea “Cruel Crown” (Coroa Cruel), publicada em janeiro nos EUA e no Brasil. A edição traz, ainda, um mapa de Norta e um trecho exclusivo do livro “Espada de Vidro”.

Saiba mais sobre o livro no site oficial da editora Seguinte.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Prêmio Off Flip | Bibliomundi de Literatura 2016

terça-feira, fevereiro 09, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


Estão abertas as inscrições para o “Prêmio Off Flip | Bibliomundi de Literatura”, que irá premiar os vencedores com a quantia de 30 mil reais e mais um kit com livros do Selo Off Flip, além de cobrir sua estadia em Paraty durante a FLIP (Festa Literária Internacional de Paraty).


O prêmio, que tem como objetivo estimular a criação literária em língua portuguesa irá contemplar os gêneros Poesia, Conto e Literatura Infanto-Juvenil. Sendo aberto a autores maiores de 16 anos, de qualquer nacionalidade residentes no Brasil, assim como brasileiros que vivem no exterior e escritores de países lusófonos.

Sendo que, nesta edição de 2016, o Prêmio Off Flip, realizado pelo Selo Off Flip, firmou parceria com a plataforma Bibliomundi e passou a se chamar Prêmio Off Flip | Bibliomundi de Literatura, com as inscrições sendo feitas somente pela internet.

A Inscrição

As inscrições devem ser feitas até o dia 28 de março, pelo site oficial da plataforma Bibliomundi. Participando apenas textos inéditos em qualquer meio (impresso ou eletrônico) e escritos em língua portuguesa. O tema é livre e os autores poderão se inscrever em quantos gêneros literários desejarem, conforme regulamento específico de cada gênero. Sendo que, haverá uma taxa de inscrição no valor de cem reais para cada gênero literário.

Os textos das categorias Conto e Poesia serão avaliados por escritores de renome no cenário literário brasileiro, enquanto que as obras da categoria Infanto-juvenil serão avaliadas pela curadoria do Prêmio e por um escritor de expressão no cenário literário brasileiro ou especialista em literatura infanto-juvenil. 

Ao final da competição os vencedores e finalistas terão suas obras publicadas em uma coletânea a ser lançada em formato digital (e-book) pelo Selo Off Flip. A coletânea também poderá ser publicada em formato impresso, caso isso ocorra, os autores irão receber gratuitamente dez exemplares da obra.

A Premiação

O concurso irá premiar os vencedores de cada categoria, Conto e Poesia, com as quantias de 5 mil reais ao primeiro colocado, 4 mil reais ao segundo lugar e 3 mil reais ao terceiro colocado. Já na categoria Literatura Infanto-Juvenil, o primeiro e o segundo colocados serão contemplados com a quantia de 3 mil reais. Assim serão distribuídos entre os vencedores o total de 30 mil reais.

O prêmio irá cobrir a estadia em Paraty e fornecer ingressos para um passeio de escuna pela baía de Paraty, assim como um kit de livros do Selo Off Flip. Sendo que, o primeiro e o segundo colocados na categoria Literatura Infanto-Juvenil também serão contemplados com um contrato de edição das obras inscritas em parceria com o Selo Off Flip.

O resultado será divulgado por meio da imprensa e estará disponível no site oficial do prêmio a partir do dia 20 de junho. O sarau de premiação acontecerá no Centro Cultural SESC Paraty no dia 2 de julho, durante a FLIP. 

Para mais informações confira o regulamento no site oficial do concurso.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Citação do Dia #15

segunda-feira, fevereiro 08, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


"Cresci no meio de livros, fazendo amigos invisíveis em páginas que se desfaziam em pó e cujo cheiro ainda conservo nas mãos." - Carlos Ruiz Zafón (A Sombra do Vento)

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Prêmio Nobel de Literatura 2015

domingo, fevereiro 07, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


A escritora e jornalista bielorrussa Svetlana Alexievich foi agraciada pela Real Academia Sueca de Ciências, em Estocolmo, com um dos mais prestigiados prêmios literários do mundo, o Prêmio Nobel de Literatura.


O prêmio, que existe desde 1901, é entregue a um escritor (a) de qualquer nacionalidade que, de acordo com Alfred Nobel, tenha “produzido, no campo literário, o mais magnífico trabalho em uma direção ideal”. Premiando os vencedores com a quantia de 8 milhões de coroas suecas (cerca de 3,75 milhões de reais).

A vencedora

Svetlana Alexievich é conhecida por seus insights únicos, e muitas vezes angustiantes de narrativas baseadas em depoimentos sobre grandes fatos históricos envolvendo seu país, como a Segunda Guerra Mundial (1940-1944), a queda do Império Socialista, a Guerra do Afeganistão (1979 -1989) e o desastre nuclear de Chernobyl (1986), na Ucrânia.

Segundo a Academia Sueca, as obras da autora são marcadas “por seus escritos polifônicos, um monumento ao sofrimento e a coragem em nosso tempo”. Sendo que, “por meio de seu método extraordinário - uma colagem cuidadosamente composta de vozes humanas - Alexievich aprofunda nossa compreensão de toda uma época”, completou a Academia, em nota.

 “Ela inventou um novo gênero literário. Ela transcendeu os formatos jornalísticos e pressionou em frente com um gênero que outros têm ajudado a criar”, destacou a secretária permanente da Academia Sueca, Sara Danius, em entrevista após o anúncio do prêmio.

Sua obra

Já em seus dias de estudante, Svetlana Alexievich escrevia poesias e artigos para o jornal da escola. Ao longo dos anos, ela chegou a experimentar vários gêneros literários, como o conto, o ensaio e a reportagem. Mas foi o renomado escritor bielorrusso Ales Adamovich, em especial seus livros “I'm from the Fiery Village” e “The Book of the Siege”, que teve uma influência decisiva na escolha da autora. Embora ainda hoje ela continue a desenvolver seu gênero original, empregando em cada livro uma nova forma de escrita.

“Tenho procurado um estilo que seja adequado à minha visão do mundo para transmitir aquilo que ouço e vejo como sendo a vida. Tentei isto e aquilo e, finalmente, escolhi o gênero das vozes humanas reais e confissões.”, explica a autora em seu site oficial.

Assim, depois de anos reunindo material e conduzindo milhares de entrevistas, Alexievich iniciou o ciclo “Voices of Utopia”, um série de cinco livros-reportagem onde a vida na União Soviética é retratada a partir da perspectiva do indivíduo. Sendo que, em seu primeiro livro “War's Unwomanly Face” (1985), a autora apresenta a Segunda Guerra Mundial sob a perspectiva de mulheres que atuaram como soldados, atiradoras de elite, médicas e enfermeiras.

Aclamado pela crítica, o segundo livro da autora “The Last Witnesses: 100 Unchildlike Stories”, também publicado em 1985, mostra a guerra de forma inédita, através dos olhos de mulheres e crianças. Quatro anos depois, viajando pelo país, entrevistando mães de vítimas e veterano de guerra, a autora publicou seu terceiro livro “The Boys in Zinc” (1989), uma obra polêmica sobre a guerra soviético-afegã, que chegou a render a autora um processo judicial, mas o caso foi encerrado.

E, em 1993, Svetlana publicou “Enchanted with Death”, um livro sobre tentativas de suicídio como resultado da queda do continente socialista. Já, em 1997, a autora publicou seu mais famoso livro, “The Chernobyl Prayer: the Chronicles of the Future”, que tem como tema as consequências da catástrofe nuclear de Chernobil em 1986. Sendo que, atualmente, a escritora decidiu mudar um pouco de tema e está escrevendo a sua mais nova obra “The Wonderful Deer of the Eternal Hunt”, composta de histórias de amor, na qual homens e mulheres de diferentes gerações contam suas histórias.

 “Ocorreu-me que estou escrevendo livros sobre como as pessoas matam uns aos outros, e como eles morreram. Mas esta não é toda a vida humana. Agora estou escrevendo sobre como as pessoas se amam. E novamente me faço a mesma pergunta, desta vez através do prisma do amor: quem somos e em que país estamos vivendo. O amor é o que nos traz a este mundo. Eu quero amar as pessoas. Embora seja cada vez mais difícil amá-las.”, diz Alexievich em seu site oficial.

Com seus livros traduzidos para mais de 19 idiomas e adaptados para peças de teatro, documentários e filmes, Alexievich foi agraciada com inúmeros prêmios internacionais, como o polonês “Ryszard Kapuściński” de Reportagem Literária (2011, 2015), o europeu “Herder Prize” (1999), o americano “National Book Critics Circle Award” (2005), o francês “Prix Médicis Essai” (2013) e o sueco “Tucholsky-Preis” (1996), entre muitos outros.

No Brasil, a autora terá quatro de suas obras publicadas pela editora Companhia das Letras, entre elas “Voices From Chernobyl”, “Time Second Hand”, “War’s Unwomanly Face” e “Last Witnesses”. As publicações ainda não têm data de lançamento.

Sobre a autora

foto: divulgação
Svetlana Alexandrovna Alexievich nasceu em 31 de maio de 1948, na cidade ucraniana de Ivano-Frankivsk, no entanto, quando o pai completou o serviço militar, a família mudou-se para Bielorrússia (Belarus), onde ambos os pais passaram a trabalhar como professores.

A autora formou-se em Jornalismo na Universidade de Minsk em 1972, e assim que concluiu os estudos, passou a trabalhar como professora e jornalista, exercendo a última profissão nos principais jornais do país.

Mas antes de se firmar na carreira de jornalista, logo após se formar, Svetlana se encontrava dividida entre várias opções de carreira, como seguir a tradição familiar como professora, ou se dedicar aos trabalhos acadêmicos ou ainda exercer o jornalismo. Sendo que, naquela época, ela foi enviada para a cidade de Burayşah, em Brest, perto da fronteira com a Polônia, onde passou a trabalhar no jornal e na escola local.

Mais tarde, a jornalista voltou a Minsk, conseguindo um emprego no jornal Gazeta Sel'skaja, e alguns anos depois, ela aceitou o trabalho como correspondente para a revista literária Neman, e logo foi promovida para chefe da seção de não-ficção. Sendo que, ao longo dos anos, a autora passou a recolher material para seu primeiro livro “War's Unwomanly Faces” (1985), baseado em centenas de entrevistas com mulheres que participaram da Segunda Guerra Mundial.

Em 1983, o livro estava pronto, mas não foi publicado, rendendo a Alexievich as acusações de pacifismo, naturalismo e glorificação da mulher soviética. Sendo que, naquela época tais acusações podiam ter sérias consequências, como ter seu livro destruído, ser ameaçada de perder o emprego, e ter uma reputação de jornalista dissidente com ponto de vista anti-comunista e contra o governo.

Mas em 1985, com a mudança de poder no país, “War's Unwomanly Faces” foi finalmente publicado em Minsk e Moscou, vendendo mais de 2 milhões de cópias, e sendo reimpresso inúmeras vezes. Além de ser saudado por escritores de guerra e pelo público. No entanto, em 2000, por causa de sua crítica ao regime, Alexievich foi obrigada a deixar a Bielorrússia, vivendo por um bom tempo no exterior, em países como a Itália, a França, a Alemanha e a Suécia, entre outros lugares. Apenas podendo retornar ao seu país de origem em 2011.

Atualmente, aos 67 anos, vivendo em Minsk, a autora confessou sua surpresa ao receber o anúncio da Real Academia Sueca. “Ganhar esse prêmio é algo grandioso, totalmente inesperado, quase uma sensação inquietante. Penso nos grandes autores russos como Boris Pasternak.”, disse Svetlana, por telefone, à televisão pública sueca SVT.

A cerimônia de entrega do Prêmio Nobel aconteceu em Estocolmo no dia 10 de dezembro, aniversário da morte do fundador do prêmio, Alfred Nobel, no qual Alexievich realizou um comovente discurso sobre a história, as perdas e conquistas de seu país.

 “Eu fui chamada uma escritora de catástrofes, mas isso não é verdade. Estou sempre à procura de palavras de amor. O ódio não nos salvará. Apenas o amor. E eu tenho esperança ... Ao me despedir de vocês, eu gostaria que a língua bielorrussa fosse ouvida neste magnífico salão; é a língua do meu povo. [...] Eu quero agradecer a todos vocês por seu coração, obrigado por ouvir a nossa dor.”, diz a autora em seu discurso durante a cerimônia de premiação.

Confira os demais vencedores do Nobel no site oficial do prêmio (em inglês).

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Inscrições para o Prêmio Barco a Vapor são prorrogadas

sexta-feira, fevereiro 05, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


Aqueles que ainda não estão participando da 12ª edição do Prêmio Barco a Vapor de Literatura Infantil e Juvenil, agora têm sua chance, pois as inscrições para o concurso foram prorrogadas até o dia 21 de fevereiro de 2016.


O Prêmio irá contemplar obras de ficção nos gêneros romance e novela para crianças e jovens. O vencedor será premiado com a quantia de 40 mil reais, como adiantamento por direitos autorais, além de ter seu livro publicado na coleção Barco a Vapor da Edições SM.

Confira o regulamento e faça sua inscrição no site oficial do concurso.

Saiba mais sobre o concurso neste post.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Editora Intrínseca lança Cidade dos Etéreos

sexta-feira, fevereiro 05, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


A editora Intrínseca lança, oficialmente, hoje o segundo volume da série “O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares” do autor americano Ransom Riggs.


Com 384 páginas, tradução de Fernando Carvalho e uma inédita coleção de fotografias de época, “Cidade dos Etéreos” (Hollow City), publicado pela primeira vez em 14 de janeiro de 2014 nos EUA, dá sequência à saga do jovem Jacob Portman, cuja busca pela verdade sobre a morte do avô, acaba por levar a uma misteriosa ilha galesa, e a um antigo lar para crianças com dons sobrenaturais, protegidas do mundo pela magia da diretora, Srta. Peregrine.

A Sequência

  Neste segundo volume, o grupo de crianças peculiares precisa deter um exército de monstros, enquanto a Srta. Peregrine, única pessoa que pode ajudá-los, está presa no corpo de uma ave.
  Assim, Jacob e seus novos amigos partem rumo à Londres, cidade onde os peculiares se concentram, a fim de encontrar uma cura para a diretora. Mas, na cidade, devastada pela guerra, surpresas ameaçadoras estão à espreita em cada esquina. 
  E, além de levar as crianças a um lugar seguro, Jacob terá que tomar uma decisão importante quanto a seu amor por Emma, uma das peculiares.

Numa mistura de fantasia, mistério e fotografias, a série é composta por três livros, entre eles “O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares” (Miss Peregrine's Home for Peculiar Children), romance de estreia do autor Ransom Riggs, publicado pela primeira vez em 7 de junho de 2011, e lançado no Brasil pela editora Leya em novembro de 2012. Assim como “Cidade dos Etéreos” (Hollow City) e “Library of Souls”, publicado em 22 de setembro de 2015 nos EUA, ainda sem previsão no Brasil.

Saiba mais sobre o livro no site oficial da editora Intrínseca.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Concurso Nacional de Literatura de Belo Horizonte

quarta-feira, fevereiro 03, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


Estão abertas as inscrições para o Concurso Nacional de Literatura mais antigo do país, o Prêmio Cidade de Belo Horizonte, que irá premiar os vencedores com a quantia de 50 mil reais.


Promovido pelo Município de Belo Horizonte e coordenado pela Fundação Municipal de Cultura, o concurso, aberto a autores, brasileiros natos ou naturalizados, irá premiar obras inéditas, escritas em língua portuguesa, nas categorias “Dramaturgia” e “Romance”.

Sendo que, as obras inscritas na categoria “Romance” devem ter no mínimo 80 páginas, enquanto que, as obras inscritas na categoria “Dramaturgia” não possuem limite mínimo ou máximo quanto ao número de páginas, e a formatação do texto é livre.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 13 de maio de 2016, na Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte, ou enviadas pelo correio, para o seguinte endereço:

Concurso Nacional de Literatura Prêmio Cidade de Belo Horizonte – 2015
Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte
Rua Carangola, 288 – Térreo – Bairro Santo Antônio
CEP: 30330-240 – Belo Horizonte/MG

Confira o regulamento completo do concurso no seu site oficial.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!

Citação do Dia #14

segunda-feira, fevereiro 01, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas."                                                                                                                        - Antoine Saint-Exupéry (O Pequeno Príncipe)

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!