Fliporto 2010

domingo, novembro 07, 2010 Iuçara Soares 0 Comentários



A Feira Literária Internacional de Pernambuco (Fliporto) prepara-se para sua sexta edição, nos dias 12 e 15 de novembro, desta vez na cidade de Olinda, conhecida como patrimônio histórico e cultural da humanidade.

Com o tema "Literatura e presença judaica no mundo ibero-americano", a festa pretende homenagear a escritora Clarice Lispector, que além de ter uma obra literária digna de todas as homenagens, pertencia também a uma família judia de origem ucraniana.

“A honraria a Clarice se deve à própria trajetória da escritora, que da Ucrânia veio para o Brasil, e a sua importância seminal para a construção da literatura nacional”, define Antônio Campos, coordenador geral da Fliporto.


O evento irá contar com uma feira do livro, novos autores, noite de autógrafos, além de mesas do congresso literário e ainda atividades de cinema, lazer, gastronomia e tecnologia, relacionadas à literatura.

“Vamos ter 23 painéis e 42 autores do Brasil e do mundo participando das mesas literárias. Tudo isso para alcançar o objetivo da feira ibérica, que é trazer diálogos sobre as nossas raízes culturais com um olhar contemporâneo”, disse Campos.

Nomes como João Tordo (Portugal), Eva Scholoss (Áustria), Ricardo Piglia (Argentina) e Alberto Manguel (Argentina), além de nomes conhecidos dos pernambucanos, como Samarone Lima, Luzilá Gonçalves Ferreira e Raimundo Carrero estão confirmados para o evento.

FEIRA
A 1° feira do Livro de Pernambuco, organizada pela Associação do Nordeste de Distribuidores e Editores de Livros (Andelivros), acontecerá simultaneamente à Fliporto, na Praça do Carmo, no Varadouro, das 10h às 22h.

Na programação, estão mais de 50 lançamentos editoriais. A previsão é de que até o final do evento, cerca de 40 editoras tenham exposto títulos diversos. "Nosso objetivo principal é promover editoras e escritores pernambucanos no âmbito local e nacional e movimentar a cadeia produtiva local", explicou Antônio Campos.

Tecnologia

A abertura do pólo tecnológico será feita pelo curador da Fliporto, o escritor Antônio Campos, que inaugura a exposição virtual e interativa “Olinda, Traços do Passado, Cores do Presente”. 

Esta edição irá trazer duas oficinas de Web 2.0 ministradas por Lídia Freitas e Izabel Grizzi, diretoras do setor técnico da Microsoft em Pernambuco, sendo uma direcionada para escritores virtuais que desejam editar e comercializar seus e-books, e a outra voltada para a edição de vídeos.

Há ainda uma programação de conferências que será iniciada com o cientista-chefe do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (C.E.S.A.R), Sílvio Meira, que tratará sobre Mídia Social.  No penúltimo dia de palestras, será a vez da jornalista Sílvia Valadares expor problemáticas e benefícios da relação entre Jornalismo e Internet.

A Fliporto Digital fará a transmissão ao vivo, em vídeo, da programação das conferências do congresso literário da Fliporto. Além disso,  contará com dois espaços direcionados para exposições interativas e o estande do Mix Leitor D, que deve atrair a atenção dos amantes de produtos high-tech.

De acordo com a professora de Literatura Brasileira e coordenadora da Fliporto Digital, Cláudia Cordeiro, o núcleo possui um diferencial em relação a outros eventos da área, não se trata de tecnologia apenas, mas aborda o uso dela em apoio à arte, em especial a literatura.

“A partir das oficinas vamos possibilitar que os escritores virtuais possam editar e comercializar seus e-books. O conhecimento oferecido pelo projeto não é só abstrato, é algo que pode ser utilizado na prática”, explicou à coordenadora.

Cinema

Na programação do Cine Fliporto, mostras de filmes, debates com cineastas convidados e lançamentos, além da exibição de 15 longas metragens e das oficinas.

O auditório da Faculdade de Olinda (Focca) irá se transformar no pólo cinematográfico da Fliporto, que terá como tema “A imagem como alfabeto da escrita”. Durante os quatro dias do evento, será exibida, ainda, uma mostra de imagens de caligrafia e grafismo, feita a partir de pesquisas realizadas pela curadora do pólo, a cineasta Kátia Mesel.

Gastronomia

Dez restaurantes da cidade irão fazer parte do Circuito Gastronômico que corre em paralelo à Fliporto. Os visitantes poderão degustar a culinária regional e alguns pratos da cozinha internacional, especialmente elaborados para o evento literário.

Para unir a arte da gastronomia ao artesanato regional, clientes que pedirem o prato do circuito, elaborado pelo restaurante participante, receberão uma peça de arte, limitada ao estoque da casa e preparada por um artista a ser escolhido. 


Para mais informações consulte o site oficial da Fliporto.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!