Feira Internacional do Livro de Bogotá 2017

sexta-feira, abril 28, 2017 Iuçara Soares 0 Comentários


Já começou um dos eventos literários mais importantes da Colômbia, a Feira Internacional do Livro de Bogotá (FILBO), que este ano terá a França como país homenageado.


Com o tema “Ler é Voar”, o evento, que acontece até o dia 8 de maio, nos 51 mil metros quadrados do Centro de Convenções Corferias, comemora este ano a sua 30ª edição, com uma programação cultural variada e dinâmica, composta de 1.500 eventos que prometem agradar a todos os públicos.

Programação

Com o objetivo de promover a literatura e a indústria editorial, a FILBO é um evento criado, especialmente, para os profissionais do mercado editorial, no qual o público também é bem-vindo. Assim, durante 14 dias, o evento irá reunir inúmeros profissionais de diversas partes do mundo, para discutir os mais diversos assuntos, como a literatura, a poesia, a música, a gastronomia, o jornalismo, os direitos autorais, a arte, a história, a política, a ciência, os booktubers, e muito mais.

Tudo isso em espaços como o recém-inaugurado “Salão Internacional de Negócios”, um lugar dinâmico inteiramente dedicado aos agentes do mundo profissional dos livros, que reúne, entre os dias 2 a 4 de maio, o melhor da roda de negócios, além de contar com o “Salão de Direitos”, um espaço de encontros e intercâmbios comerciais para a compra e venda de direitos na América Latina, cuja primeira edição, em 2016, foi um grande sucesso.

Assim como o espaço “Libros para Comer”, dedicado aos amantes dos livros e da cozinha, que em sua 2ª edição levará a feira alguns dos mais famosos Chefs e autores para apresentarem suas obras com demonstrações culinárias no formato de uma masterclass. Sem falar no “¡Qué Viva La Música!”, um espaço que promove diversos concertos seguidos por bate-papos com famosas personalidades do mundo da música e das letras, como o cantor e compositor americano Bob Dylan, vencedor do Nobel de Literatura 2016.

O evento contará ainda com os fóruns “Conversaciones que le cambiarán la vida” e “Palabras para la reconciliación”, nos quais autores de todo o mundo como o americano Richard Ford, vencedor do Premio Princesa Asturias de las Letras 2016, e o britânico Sir. V. S. Naipaul, Nobel de Literatura de 2001, se reúnem para discutir temas como o amor pela literatura, a construção de uma cultura para a paz, a tolerância e a aceitação, o triste e o belo da infância, os 50 anos da obra “Cem Anos de Solidão” de Gabriel García Márquez, e muito mais.

Tem também o 13º Congresso Nacional de Leitura, no qual professores, bibliotecários, promotores de leitura, gestores culturais e demais interessados participam de conferências, painéis e mesas redondas com o tema “Igual mas Diferente”, nas quais exploram as várias relações entre a leitura e as experiências de reconciliação e convivência em meio ao conflito.

Já nos dias 27 a 29 de abril, a FILBO sediará a 9ª edição do “Encuentro Internacional de Periodismo”, no qual renomados jornalistas e fotógrafos de vários países irão discutir o tema “Periodismo y posverdad: De la perplejidad al escepticismo”, além de debater os dilemas e conflitos do jornalismo em tempos de meias verdades, refletir sobre o apego do jornalismo a neutralidade, falar sobre as mídias digitais, as audiências ativas, a opinião virtual, e muitos outros assuntos. 

Sendo que, nos dias 26 a 30 de abril tem a 7ª edição do Congreso Internacional de Ilustración (Fig.07), que irá realizar inúmeras exposições, conferências, bate-papos e encontros com alguns dos mais talentosos ilustradores de vários países, entre eles Ciça Fittipaldi (Brasil), Brad Holland (EUA), Lorena Álvarez (Colombia), Yohann Schepacz (França), Victo Ngai (Hong Kong), Claude K. Dubois (Bélgica), Menena Cottin (Venezuela), e outros.

A feira do livro conta também com uma programação especial dedicada ao público infantil e juvenil, com direito a oficinas, apresentações teatrais, salas de leitura e encontro com músicos, educadores, autores e ilustradores da literatura infanto-juvenil, como o ilustrador francês Serge Bloch, o autor português David Machado, a ilustradora e autora chilena Paloma Valdivia, a escritora e poetisa espanhola Sofía Rhei, a autora argentina Anna K. Franco, entre muitos outros.

Convidados

O evento contará ainda com a participação de cerca de 500 expositores de diversos países, assim como 1.300 editorias, que irão exibir três milhões de títulos. Sem falar nos mais de 300 autores, editores, jornalistas, ilustradores, poetas, músicos, dramaturgos e personalidades nacionais e internacionais, com presença confirmada na feira do livro.

Entre eles a premiada poeta e autora francesa Nathalie Handal, o escritor britânico Ben Brooks, o autor e sociólogo português Boaventura de Sousa Santos, o romancista e ensaísta inglês Geoff Dyer, o autor americano John Katzenbach, o escritor sul-africano John Maxwell Coetzee, vencedor do Nobel de Literatura de 2003, e o jornalista, escritor e colunista colombiano Daniel Samper Pizano, membro da Academia Colombiana de la Lengua.

Além do premiado romancista francês Pierre Lemaitre, da escritora e jornalista ítalo-brasileira Marina Colasanti, da poetisa e autora holandesa Hagar Peeters, da historiadora e autora colombiana Diana Uribe, do poeta chileno Carlos Cociña, do fotografo argentino Daniel Mordzinski, e dos famosos ilustradores Benjamin Lacombe (França), Zeina Abirached (Líbano) e Isabel Hojas (Chile).

Assim como os autores Afonso Cruz (Portugal), Ana Paula Maia (Brasil), Anežka Charvátová (República Checa), Boris Pfeiffer (Alemanha), Magela Baudoin (Bolívia), Richard Blanco (EUA), Renato Cisneros (Peru), Ulrika Kärnborg (Suécia), Sara Mesa (Espanha), Fernanda Trías (Uruguai), Luis Negrón (Porto Rico), Valeria Luiselli (México), e muitos outros.

Confira a programação completa da FILBO no seu site oficial.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!