Uma Homenagem a William Shakespeare

sábado, abril 23, 2016 Iuçara Soares 0 Comentários


Há 400 anos, o mundo perdia um dos grandes nomes da literatura clássica universal, o consagrado escritor, poeta, dramaturgo e ator britânico William Shakespeare.


Considerado um dos mais importantes autores de todos os tempos, Shakespeare morreu em 23 de abril de 1616, no dia do seu aniversário, deixando para a humanidade um legado de belíssimas e comoventes histórias, que durante os anos tem encantado gerações e inspirado inúmeros autores e adaptações, sendo traduzidas para os mais diversos idiomas.

Homenagens

Mais de quatrocentos anos após terem sido escritos, as obras de William Shakespeare continuam a ser um sucesso de público e vendas, conquistando inúmeros fãs em todo o mundo. Assim, para celebrar esse incrível legado e o aniversário do autor, além de prestar homenagem aos 400 anos de sua morte, países do mundo inteiro realizam, ao longo do ano, os mais diversos eventos.

A começar pela Inglaterra, terra natal de Shakespeare, onde quase todas as principais instituições culturais pretendem realizar um evento especial em honra ao autor, entre elas a Royal Shakespeare Company, que irá sediar o “Shakespeare Live!”, um programa transmitido ao vivo pela BBC, no qual participam famosos atores, como David Tennant e Catherine Tate, além de Sir Ian McKellen, Joseph Fiennes, Helen Mirren, Judi Dench, Benedict Cumberbatch, e outros.

O Teatro Nacional, o Royal Festival Hall, e o Victoria and Albert Museum, entre outros, também tem eventos programados para este fim de semana. Já a British Library irá realizar um evento de gala, em parceria com o World Book Night, no qual renomados autores e atores irão ler seus textos preferidos de Shakespeare. Sendo que, a cidade natal do bardo, Stratford-upon-Avon, também se torna palco de inúmeros tributos, a começar por um desfile, no qual multidões foram as ruas usando máscaras de William Shakespeare, seguido de encenações das peças do autor ao ar livre, e mais.

O Google também celebra a data com um doodle especialmente criado para o Reino Unido, que conta com imagens de algumas das obras mais conhecidas do bardo. Além da figura de St. George, santo padroeiro da Inglaterra, que é conhecido por matar um dragão. 

Já no restante do mundo, inúmeros eventos são realizados em honra ao autor, entre eles a Feira Internacional do Livro de Buenos Aires, na Argentina, e a Feira Internacional do Livro de Bogotá (FILBO), na Colômbia, que irão promover uma série de eventos para celebrar a vida e obra do autor. Enquanto que, no Brasil, o British Council preparou uma série de atividades em São Paulo e no Rio de janeiro, que se estende ao longo do ano, como debates, homenagens, exibição de filmes baseados na obra do escritor, e muito mais.

Sobre o autor

William Shakespeare / Foto:divulgação
William Shakespeare nasceu na pequena cidade de Stratford-upon-Avon, na Inglaterra, filho de John Shakespeare, um bem-sucedido comerciante, que ocupou vários cargos na administração da cidade, e Mary Arden, filha de um rico proprietário de terras.

Já a data de nascimento do autor é desconhecida, mas sabe-se que foi batizado em 26 de abril de 1564, razão pela qual se supõe que tenha nascido um pouco antes, em 23 de abril, por causa do costume da época de batizarem as crianças três dias após seu nascimento.

Devido à falta de documentação da época, pouco se sabe sobre sua infância e juventude, mas supõe-se que tenha tido uma boa educação, tendo frequentado a escola primária King Edward VI, onde teria aprendido latim e literatura. E, aos dezoito anos, em 1582, o jovem William casou-se com a filha de um fazendeiro das redondezas, Ann Hathaway, com quem teve três filhos, Susanna, e os gêmeos Hamnet e Judith.

Não existem muitos vestígios históricos a respeito de Shakespeare durante esta época, até o momento em que ele é mencionado como parte da cena teatral de Londres em 1592, um período histórico que favorecia o desenvolvimento cultural e artístico, sob o reinado da rainha Elizabeth I. Acredita-se que, em 1593, Shakespeare já era um dramaturgo e um ator de sucesso, tendo publicado o poema “Venus and Adonis” e, no ano seguinte, o poema “The Rape of Lucrece”, além das três partes de “Henry VI”, assim como “Richard III”, “Titus Andronicus”, “Dois Cavalheiros de Verona”, “Trabalhos de Amor Perdidos”, “A Comédia dos Erros” e “A Megera Domada”.

Quando em 1596, uma tragédia se abateu sobre o autor, com a morte de seu único filho homem, Hamnet. Ainda de luto, Shakeaspeare escreveu aquela que seria conhecida como uma de suas peças mais famosas, “Romeo e Julieta”, seguida de “Sonho de uma noite de verão” e “O Mercador de Veneza”.

Já no ano de 1598, William Shakeaspeare era considerado como um dos mais importantes dramaturgos da língua inglesa, com suas peças atraindo milhares de espectadores aos teatros, inclusive sendo impressas e vendidas sob a forma de livro. Razão pela qual a companhia decidiu construir uma nova casa de espetáculos na margem sul do Tâmisa. Tendo os custos sido divididos pelos seus diretores, incluindo Shakespeare, dono de uma pequena fortuna. Assim, segundo todas as fontes indicam surgia, em 1599, o The Globe Theatre, que foi palco para as primeiras apresentações de “Hamlet”, “Otelo”, “Macbeth”, “Rei Lear”, e muitas outras peças famosas.

Aposentando-se dos palcos em meados de 1607, o dramaturgo escreveu ainda duas de suas peças mais famosas, “Conto de Inverno” e “ A Tempestade”. Até que decidiu voltar para sua cidade natal, Stratford, onde era considerado um dos mais ilustres cidadãos. Sendo que, no ano de 1613, o The Globe Theatre foi destruído pelo fogo. Três anos depois, morre William Shakespeare, aos 52 anos, em Stratford, onde foi enterrado, na Holy Trinity Church. Ao longo de sua vida ele escreveu 38 peças, 154 sonetos e inúmeros poemas, que gravaram seu nome na história da literatura e da dramaturgia.

Saiba mais sobre o autor no L&PM Blog.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!