Literatura no Oscar 2015

sábado, abril 18, 2015 Iuçara Soares 0 Comentários


Com a Literatura como fonte de inspiração, as adaptações de obras literárias para o cinema parecem ter conquistado o seu lugar em Hollywood, para satisfação tanto dos amantes do cinema como daqueles que adoram um bom livro.

Considerados campeões de bilheteria, muitos desses filmes acabaram também conquistando o seu lugar na maior e mais importante premiação do cinema internacional, o Oscar.


Em sua 87ª edição, o Oscar deste ano contou com cinco filmes baseados em livros concorrendo nas categorias de Melhor Filme e de Melhor Roteiro Adaptado, criada especialmente para os longas-metragens baseados tanto em livros, quanto em peças de teatro, musicais e até mesmo em parques de diversões, como o filme “Piratas do Caribe”.

Os Indicados

Portanto, os roteiros adaptados partem de histórias que tem uma maior aceitação em outras mídias, como é o caso do filme “Whiplash: Em Busca da Perfeição”, que, embora não seja baseado em um livro, também concorreu à categoria de Melhor Roteiro Adaptado.

Isso devido ao fato do roteiro do filme ter sido adaptado de um curta-metragem homônimo de dezoito minutos, lançado em 2013. Além de possuir traços autobiográficos do diretor, que também foi um estudante de bateria que sofreu com um professor difícil.

Dirigido por Damien Chazelle, também responsável pelo roteiro, o filme recebeu 4 indicações ao Oscar, incluindo a de Melhor Filme. Tendo levado para casa três estatuetas, sendo elas a de Melhor Mixagem de Som, Melhor Montagem e Melhor Ator Coadjuvante (J. K. Simmons).



Das páginas dos livros para as telas do cinema, temos o filme “Sniper Americano” (American Sniper), baseado na autobiografia de Chris Kyle, que com 255 mortes, 160 delas confirmadas oficialmente pelo Pentágono, foi considerado “o mais letal atirador da história militar dos Estados Unidos”.

Dirigido por Clint Eastood, o filme, estrelado por Bradley Cooper, recebeu 6 indicações ao Oscar, incluindo a de Melhor Filme e Melhor Roteiro Adaptado, escrito por Jason Hall, tendo levado para casa a estatueta de Melhor Edição de Som (Alan Robert Murray, Bub Asman).



Dirigido por James Marsh e com roteiro adaptado por Anthony McCarten, o filme britânico “A Teoria de Tudo” (The Theory of Everything), vencedor do BAFTA 2015 de Melhor Roteiro Adaptado, recebeu 5 indicações ao Oscar deste ano, vencendo na categoria de Melhor Ator (Eddie Redmayne).

O longa é baseado na biografia “Travelling to Infinity: My Life with Stephen”, de Jane Wilde Hawking, que descreve o seu relacionamento com o físico teórico Stephen Hawking e o desafio com a doença do neurônio motor.



O longa-metragem “Vício Inerente” recebeu duas indicações ao Oscar, incluindo a de Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Figurino. Dirigido por Paul Thomas Anderson, também responsável pelo roteiro, e estrelado por Joaquin Phoenix, o filme é inspirado no livro homônimo de Thomas Pynchon. 



E o Oscar foi para... 

Dirigido por Morten Tyldum, com roteiro adaptado por Graham Moore, o longa-metragem com oito indicações ao Oscar, incluindo a de Melhor Filme, conquistou o Oscar deste ano na categoria de Melhor Roteiro Adaptado.

“O Jogo da Imitação” (The Imitation Game) é um filme histórico de suspense inspirado no livro “Alan Turing: The Enigma” de Andrew Hodges, que narra à história do pioneiro da computação e gênio matemático, Alan Turing, interpretado pelo ator Benedict Cumberbatch (Sherlock, Star Trek).



Já o grande vencedor da noite foi o longa “Birdman”, que levou para casa quatro estatuetas, incluindo a de Melhor Roteiro Original, Melhor Filme, Melhor Diretor (Alejandro González Iñarritu) e Melhor Fotografia.



Mais Adaptações

Vários outros filmes baseados em obras literárias também concorreram ao Oscar 2015, em diversas categorias, como o longa “Para Sempre Alice” inspirado na obra de Lisa Genova, que deu a Julianne Moore o Oscar de Melhor Atriz.

Há ainda o longa “Como Treinar o Seu Dragão 2”, baseado no livro de Cressida Cowell, indicado na categoria de Melhor Longa de Animação. Sem falar no filme “O Hobbit - A Batalha dos Cinco Exércitos” baseado na obra do autor J.R.R. Tolkien, indicado nas categorias de Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som.

Já na categoria de Melhores Efeitos Visuais concorreu o filme Planeta dos Macacos 2 - O Confronto, inspirado na obra de Pierre Boulle. Além de três filmes baseados nas histórias em quadrinhos como Capitão América 2 - O Soldado Invernal, X-Men - Dias de Um Futuro Esquecido e Guardiões da Galáxia, que também concorreu ao Oscar de Melhor Maquiagem e Cabelo.

Também concorreram ao Oscar os filmes “Caminhos da Floresta” e “Malévola”, ambos inspirados nos famosos contos dos irmãos Grimm. Além dos filmes “Garota Exemplar”, baseado no bestseller de Gillian Finn, “Livre” da autora Cheryl Strayed, Invencível, baseado no livro de Laura Hillenbrand, e “Foxcatcher”, inspirado na biografia de Mark Schultz e David Thomas.

Confira a lista completa dos indicados e vencedores no site Omelete.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!