Praticamente Inofensiva

domingo, abril 21, 2013 Iuçara Soares 0 Comentários


Depois de viajar pelo espaço e tempo, enfrentar guerras intergalácticas e desvendar mistérios universais, Arthur Dent e seus estranhos companheiros vão se aventurar por universos paralelos, no quinto e último volume do Guia do Mochileiro das Galáxias.


Uma coisa encorajadora que o Guia tem a dizer sobre os universos paralelos é que você não tem a menor chance de compreendê-los. Você pode, portanto, dizer coisas como O quê?” e Hein? e até mesmo ficar vesgo e fazer papel de tolo sem ter medo de parecer ridículo.

A História

Anos se passaram desde que Arthur Dent conheceu Fenchurch na Terra, e desde então muitas coisas loucas, estranhas, hilárias, surpreendentes e trágicas aconteceram em sua vida. Desde acidentes espaciais à descoberta de uma filha que não conhecia. É isso aí, Arthur Dent vai ser papai!

"Arthur estivera perto de desistir. Ou seja, ele não iria desistir. Não iria desistir de jeito nenhum. Nem agora nem depois. Mas, se fosse o tipo de pessoa que iria desistir de alguma coisa, provavelmente teria desistido naquele momento."

Mas nada disso se compara aos estranhos e loucos eventos que ocorrem após o reencontro com seus antigos companheiros de viagem, Ford Prefect e Tricia McMillan, que decidiu abandonar a ciência e se tornar repórter.

Uma das melhores partes desse volume é quando Ford Prefect faz sua entrada triunfal, bancando o hacker para desvendar o mistério que envolve o Guia do Mochileiro das Galáxias. Sendo que para isso ele conta com a ajuda do robô extremamente feliz, Cole. 

Por falar em companheiros de viagem, para tristeza dos fãs, Zaphod Beeblebrox é apenas mencionado em um ou outro trecho do volume. Já o robô melodramático, Marvin, nem ao menos isso. Ao que parece ele fez sua última participação no penúltimo volume da saga.

Entre em Pânico!

Treze anos após ter escrito o primeiro volume do “Guia do Mochileiro das Galáxias”, o autor Douglas Adams nos apresenta o desfecho de uma obra que conquistou inúmeros leitores em todo o mundo.

“Praticamente Inofensiva” é tão insano e surpreendente quanto os livros anteriores, cheio de reviravoltas e teorias que podem deixar o leitor meio confuso, especialmente, quando se trata da Mistureba Generalizada de Todas as Coisas (MGTC).

“A Mistureba Generalizada de Todas as Coisas também não existe na prática - é apenas a soma total de todas as maneiras diferentes que haveria para compreendê-la, caso existisse uma. [...] Por favor, sinta-se à vontade para enlouquecer agora.”

De fato, muitos leitores consideram o inicio do livro meio entediante, mas não desanimem, pois a história fica cada vez mais envolvente, de tal forma, que chega ser difícil interromper a leitura. No final tudo acaba se encaixando perfeitamente, culminando em um desfecho surpreendente.

Assim, com situações hilárias, personagens imprevisíveis e uma trama repleta de suspense, ação e filosofia, chega ao fim às loucas aventuras de Arthur Dent e seus estranhos companheiros.

Saiba mais sobre o Guia do Mochileiro das Galáxias neste post

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!