Grimm

sexta-feira, outubro 24, 2014 Iuçara Soares 0 Comentários


E se aquelas histórias que seus pais contavam antes de dormir não fossem apenas contos de fadas, mas sim avisos de um perigo real. 

Esta é a história de “Grimm”, uma série da rede americana NBC, inspirada na obra dos irmãos Jacob e Wilhelm Grimm.

Criada por Stephen Carpenter (Um Tira Muito Suspeito), David Greenwalt (Buffy the Vampire Slayer e Angel) e Jim Kouf (Angel), a série, que teve início em outubro de 2011, estreia esta noite nos Estados Unidos, sua tão esperada quarta temporada. 


A trama

Era uma vez um detetive da Policia de Portland chamado Nick Burkhardt (David Giuntoli), que descobre pertencer a uma linhagem de caçadores conhecidos como “Grimms”, descendentes dos famosos escritores alemães Wilhelm e Jacob Grimm.

Com o objetivo de proteger a humanidade de perigos inimagináveis os irmãos Grimm estavam na verdade escrevendo um tipo de alerta que, com o passar do tempo, começou a ser considerado apenas como contos de fadas, no qual ninguém mais acredita.

Agora cabe aos seus descendentes continuar com sua missão, assumindo seu destino, Nick descobre ter a habilidade de identificar e caçar criaturas sobrenaturais, mais conhecidas como “Wesens”, mas nem todas as criaturas são más, algumas querem apenas viver em paz entre os humanos.

Assim o detetive deve caçar os maus e proteger os bons, enquanto desvenda os assassinatos, cada vez mais bizarros, que ocorrem em Portland, sem revelar ao mundo seu estranho dom, nem mesmo para sua namorada, Juliette Silverton (Bitsie Tulloch) ou para seu parceiro, o detetive Hank Griffin (Russell Hornsby).

Sendo que, ambos os detetives trabalham sob as ordens do Capitão Sean Renard (Sasha Roiz), um homem misterioso, que parece saber mais do que aparenta, eles também contam com o auxílio do Sargento Wu (Reggie Lee).

No entanto, sempre que esbarra em um caso envolvendo Wesens, Nick conta com a ajuda do “Blutbad” Eddie Monroe (Silas Weir Mitchell), um lobo mau vegetariano, que se torna um tipo de guia do mundo Wesen para Nick, além de um grande amigo e confidente.

Há também a “Fuchsbau”, Rosalee Calvert (Bree Turner), uma Wesen semelhante à raposa, que além de uma importante aliada para Nick, também acaba se tornando o interesse amoroso de Monroe.


Numa atmosfera de mistério, fantasia e crime, embalada pela música tema “Blinding”, da banda Florence and the Machine, Grimm mostra o lado sombrio dos contos de fadas que acalentaram a infância de milhões de pessoas em todo o mundo.

Quem conta um conto...

"O Lobo pensou consigo mesmo, que criatura frágil. Uma refeição suculenta..."
                                               The Brothers Grimm (Chapeuzinho Vermelho, 1812)

Aclamados mundialmente por seus contos de fadas, os irmãos Grimm, não tinham, de inicio, a intenção de escrever histórias infantis, mas sim a de registrar o folclore de seu país, por meio de contos populares. 

Sendo que muitos desses contos foram considerados impróprios para as crianças, devido a seu conteúdo sombrio e realista, repleto de violência, sexo, crime e sangue. Tendo que, ao longo dos anos, serem suavizados até se tornarem as histórias mostradas pela Disney. 

Assim, para Stephen Carpenter, David Greenwalt e Jim Kouf, segundo afirmaram em entrevistas, a ideia de mostrar os irmãos Grimm como profilers criminais pareceu ser uma boa maneira de explorar o mundo dos contos de fadas e transportá-los para a realidade atual, já que a maioria desses contos envolve algum tipo de comportamento criminoso.

Com uma história fascinante e bem elaborada, a série também conta com impressionantes efeitos visuais, especialmente, no que se referem aos Wesens, seres meio humanos, meio animais, meio criaturas mitológicas.

Wesen

No decorrer da história, Nick encontra as mais estranhas criaturas, algumas acabam se tornando valiosos aliados, já outras os mais terríveis inimigos, como os Wildesheers, criaturas semelhantes a lobos, os Mauvais Dentes, semelhantes aos tigres-dente-de-sabre, e os Siegbarstes, criaturas semelhantes a ogros, entre diversos outros.


Wildesheers/NBC                 Mauvais Dentes /NBC                     Siegbarsters / NBC
Há também a Família Real Wesen, e os Ceifadores, uma sociedade secreta determinada a matar todos os Grimms. Sem falar na bela Hexenbiest, Adalind Schade (Claire Coffee), que promete causar muita confusão na vida de Nick e do Capitão Renard.

Perigosos ou não, os Wesens aparentam ser pessoas normais, vivendo entre os humanos, e apenas um Grimm possui a habilidade de ver além das aparências, em especial, quando essas criaturas estão sob pressão ou estresse, revelando suas verdadeiras faces. 

Já para identificá-los, Nick conta com o auxílio de um livro, um tipo de diário escrito por seus antepassados Grimms, que lhe foi deixado por sua tia Marie (Kate Burton), junto com seu trailer cheio de documentos, poções e armas. 

Das telas para as páginas dos livros

Desde sua estreia, Grimm tem se tornado um sucesso de audiência, conquistando inúmeros fãs em todo o mundo, razão pela qual a NBC, seguindo o embalo desse sucesso, decidiu expandir o universo da série para as páginas dos livros.

Até o momento, foram lançados no total três livros, todos publicados pela editora americana Titan Books e escritos por diferentes autores, que mostram o detetive Nick Burkhardt investigando um novo homicídio em Portland, envolvendo a comunidade Wesen.



O primeiro livro “The Icy Touch”, escrito por John Shirley, mesmo autor do livro “Resident Evil: Retribution” foi publicado em novembro de 2013 e conta com 320 páginas. Já o segundo livro, “The Chopping Block”, publicado em fevereiro de 2014, conta com 336 páginas, sendo escrito por John Passarella, também autor de livros das séries Supernatural, Buffy the Vampire Slayer e Angel.

O terceiro e mais recente livro da série, “The Killing Time”, publicado em setembro de 2014, possui 272 páginas e foi escrito por Tim Waggoner, também autor de livros das séries Supernatural e Stargate SG-1.

Embora baseados na série de TV, os livros não são exatamente como um episódio estendido de Grimm, especialmente, o primeiro livro, que parece não ter agradado muito aos fãs, que o consideram um pouco fora de sintonia com o enredo e com os personagens da série. 

Já o segundo e o terceiro livro, parecem ter agrado, precisamente, por serem considerados mais fieis ao espírito da série. Infelizmente, os livros ainda não foram traduzidos para o português, mas as versões em inglês estão à venda nas livrarias.

Saiba mais sobre a série no site oficial de Grimm na NBC.

Assista ao trailer da série (em inglês):


0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!