O Gato de Botas

sexta-feira, janeiro 13, 2012 Iuçara Soares 0 Comentários


Em dezembro estreou nos cinemas brasileiros a mais nova adaptação de um dos personagens clássicos da Literatura Infantil, o Gato de Botas. No entanto, essa nova versão é bem diferente da história original.

O personagem do longa-metragem de animação da DreamWorks possui características mais modernas, sendo um gato justiceiro, ágil e com muito senso de humor, “a la zorro”. O que reforça o seu lado cômico, já que foi criado especialmente para incorporar o elenco de Shrek.

Já o Gato de Botas original foi criado pelo escritor e poeta francês Charles Perrault, também conhecido como o pai da Literatura Infantil. O conto de fadas fazia parte de um livro intitulado “Contos da Mamãe Gansa” publicado em 1697.

Era uma vez...

Um moleiro, que tinha três filhos. Sentindo a morte chegar, ele decidiu repartir seus únicos três bens entre os filhos. O mais velho ficou com um moinho, o do meio com um asno e o mais novo com um gato. Este último não ficou nada contente com a sua parte da herança, mas o gato acabou convencendo-o de que poderia ser bem mais útil que um moinho ou um asno, mas para isso precisaria de um par de botas e um saco.

Charles Perrault

Charles Perrault
Segundo estudiosos, após perder o emprego Charles Perrault, aos 62 anos, teve a brilhante idéia de registrar em um livro as histórias contadas tanto por sua mãe quanto pelas damas nos salões parisienses, criando assim um novo gênero para a Literatura, o conto de fadas. O que lhe conferiu o título de “Pai da Literatura Infantil”.

Entre suas histórias mais conhecidas estão Le Petit Chaperon rouge (Chapeuzinho Vermelho), La Belle au bois dormant (A Bela Adormecida), Le Maître chat ou le Chat botté (O Gato de Botas), Cendrillon ou la petite pantoufle de verre (Cinderella), La Barbe bleue (Barba Azul) e Le Petit Poucet (O Pequeno Polegar).

Cada história era sempre encerrada com uma lição de moral, assim o leitor não apenas se divertia com os contos de fadas como também aprendia com eles.

Os contos de Perrault foram traduzidos para diversas partes do mundo. Sendo adaptados para os mais variados meios de comunicação, como a Literatura, o Cinema, a TV e o Teatro.

Um fato interessante é que os Irmãos Grimm escreveram várias versões das mesmas histórias de Perrault, o que pode significar à existência de uma fonte comum.

Para ler a história original do Gato de Botas é só acessar o site Contando História.

Assista ao trailer:

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!