Jogos Vorazes

sábado, setembro 14, 2013 Iuçara Soares 2 Comentários


Inspirado no best-seller da escritora norte-americana Suzanne Collins, o filme “Jogos Vorazes” é o primeiro da trilogia a chegar às telas do cinema.

Dirigido por Gary Ross, o filme teve seu roteiro escrito pela própria Suzanne Collins, com colaboração de Ross e revisão de Billy Ray (Intrigas de Estado).

A história

Nas ruínas pós-apocalípticas da América do Norte, surge uma nova nação conhecida como Panem. Sendo esta formada por 12 distritos pobres, que são comandos com mãos de ferro pela poderosa cidade central, a Capital.

Após uma tentativa de revolução, décadas atrás, a Capital criou os Jogos Vorazes, uma competição anual que é transmitida ao vivo para toda a população de Panem, para lembrá-los do poder absoluto da Capital, evitando assim novos levantes. 

Cada distrito é forçado a oferecer um tributo na forma de dois jovens, um garoto e uma garota, entre 12 e 18 anos, que são escolhidos em uma loteria durante o Dia da Colheita. Os chamados tributos são obrigados a competir até a morte em uma perigosa arena controlada pela Capital.

É nesse cenário que surge Katniss Everdeen, uma jovem de 16 anos criada no ambiente hostil e pobre do Distrito 12, que se oferece para participar dos jogos no lugar de sua irmã quatro anos mais nova selecionada durante o Dia da Colheita.

Assim, para disputar os Jogos Vorazes, Katniss se une ao seu colega de distrito Peeta Mellark, com quem não tem muito contato, mas se sente em divida por tê-la ajudado no passado. 

Nesse brutal reality show nada é o que parece, amigos, inimigos e até amores. No fim tudo se resume a um jogo de interesses em nome da audiência.

Um bom exemplo disso é o romance entre os personagens principais que dá margem a muitas dúvidas. Pois em nenhum momento fica claro se o interesse de Peeta por Katniss é verdadeiro ou se ele está apenas fingindo para as câmeras.

Filme X Livro

Além de uma referência ao conto "The lottery" da autora norte-americana Shirley Jackson, a trama, tanto do filme como do livro, também lembra um pouco o clássico “1984” de George Orwell, e sua teoria do Big Brother. 

Um tema bastante explorado nos dias atuais, que levanta questões a respeito do culto a celebridades, da alienação das massas, do controle por meio da mídia e dos regimes com base na manipulação do medo.

Outro ponto interessante é a forma como o diretor conduz as cenas de lutas no filme, que ao invés de apelar para a violência explicita, apenas mostra um vislumbre dela na arena de batalha. Sem prejudicar em nada a emoção da cena.

No entanto, embora a autora tenha participado da criação do roteiro, o longa-metragem não é uma copia fiel a obra literária, de fato, há alguns detalhes no filme que não constam no livro e vice-versa.

Os fãs fervorosos da obra escrita, podem não gostar muito disso. Enfim, não se pode agradar a todos. Mas em todo caso, o filme cumpre o seu papel, o de proporcionar um bom entretenimento e atrair a curiosidade do público com relação à saga.


Sendo que para isso o longa conta com um elenco de peso como Jennifer Lawrence (Katniss) e Josh Hutcherson (Peeta), além de Donald Sutherland (tirano da Capital), Stanley Tucci (apresentador do programa), Woody Harrelson (tutor de Katniss e Peeta), Elizabeth Banks (mestre de cerimônia da loteria), Liam Hemsworth (Gale), entre muitos outros.

A autora e sua obra


Nascida em Hartford, Connecticut, Suzanne Marie Collins, além de uma autora best-seller é também uma renomada roteirista de programas infantil. Tendo feito vários roteiros para a Nickelodeon.

Foi apenas em 2003, que Suzanne decidiu escrever a sua primeira obra, “The Underland Chronicles”, uma série de cinco livros de fantasia inspirada no clássico “Alice no País das Maravilhas”.

No entanto, foi em 2008, que autora lançou “The Hunger Games”, o primeiro livro da trilogia, homônima, que foi inspirada, em parte, no mito grego de Teseu e o Minotauro, e na carreira de seu pai na Força Aérea, que lhe proporcionou uma mais ampla compreensão dos efeitos da guerra.

Nos próximos anos, os dois outros títulos da saga também ganharão às telas do cinema, o último dividido em duas partes. Sendo que o segundo filme “Jogos Vorazes: Em Chamas” terá sua estréia em novembro deste ano.

Assista ao trailer (legendado):


2 comentários:

  1. Que livro!!! Simplesmente envolvente, tenso e criativo. Muito boa sua sua matéria.
    Vejo que gosta de ler. Faço parte de um site, semema.com , é uma revista digital. Lá falamos sobre diversos assuntos, cinema, livros, educação, drogas, arte...
    Se você gostar de acessar conteúdo original, próprio e de qualidade, entra lá. Tenho certeza que vai gostar.
    Deixa sua opinião, ela é muito importante.
    Obrigada e já estou seguindo sua página.
    Ju.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ju! Fico feliz que tenha gostado da matéria e do blog. Pode contar com a minha visita ao seu site. :)

      Excluir

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!